A importância da Palavra de Deus

Rogéria Moreira

Acolher a Palavra de Deus faz o nosso coração arder

Rogéria Moreira Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Meus irmãos, peço a Deus que infunda em nosso coração um profundo amor pela Sua Palavra.

Se a sua vida, meu irmão, não for sustentada pela Palavra de Deus, você corre o sério risco de cometer desvios em sua fé. Permita que essa Palavra frutifique em sua vida. Deixe que a Sagrada Escritura seja a sua amiga, a sua companheira de caminhada.

A Palavra de Deus precisa entrar no nosso interior como uma semente e, desse modo, produzir frutos dentro de nós. Porém, para isso, é preciso que os ensinamentos do Senhor estejam plantados em nosso ser. O que não foi plantado não tem como florescer. Para que a Palavra de Deus frutifique em nós, ela precisa primeiramente estar plantada, semeada em nosso interior.

Portanto, neste mês de setembro, mês da Bíblia, peçamos ao Senhor esta graça: sermos homens e mulheres profundamente apaixonados pela Palavra de Deus.

Vamos ler o que nos traz o Salmo 119, versículos 103 a 105: “Como são doces ao meu paladar tuas promessas: mais que o mel para minha boca. Dos teus preceitos recebo inteligência, por isso odeio todo caminho falso. Lâmpada para meus passos é tua palavra e luz no meu caminho”.

O salmista pensava na Palavra de Deus como algo doce, mais doce que o mel. Por que? Porque ele sentia prazer em estar com a Palavra, em meditá-la. Aqui tocamos nos efeitos desse contato íntimo e profundo que o salmista tinha com as Sagradas Escrituras. Ele era iluminado pela Palavra e não suportava qualquer caminho falso, ou seja, qualquer forma de injustiça.

Infelizmente, muitas pessoas estão deixado de lado a Palavra do Senhor. E, por isso, acabam caminhando em meio às trevas, pois os ensinamentos divinos são luzes que iluminam a nossa vida.

Minha experiência com a Palavra de Deus

Gente, a Palavra de Deus já direcionou e mudou os rumos da minha vida por diversas vezes. Eu me lembro que estava no início da minha caminhada cristã, no meu grupo de oração, na cidade de Lorena (SP), quando, num momento de oração, o Senhor me deu o Salmo 37,4: “Põe no Senhor tuas delícias e Ele te dará o que teu coração pede”. A partir desse versículo bíblico, minha vida mudou de rumo! Dali para frente, tomei a firme decisão de me entregar inteiramente ao Senhor.

E Deus acabou me conduzindo à Canção Nova. Fiz os encontros vocacionais. Eu já estava me formando em engenharia química, mas o chamado de Deus foi mais forte. Veja: uma Palavra mudou a minha vida! Estar, hoje, na Canção Nova, é fruto dessa Palavra que iluminou e continua iluminando os meus passos.

“A Palavra de Deus me orienta” – Rogéria Moreira – Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Quando já estava na Comunidade, eu discernia se iria me casar ou não. Daí eu orava com a Bíblia, mais especificamente com o livro de Tobias. E, então, o Senhor colocou o Wellington no meu caminho. Namoramos, noivamos… E que interessante: quando nos casamos, a Liturgia da Missa – no dia do nosso casamento – era exatamente uma passagem bíblica do livro de Tobias.

E tanto no passado como hoje em dia, eu tenho feito a experiência dessa Palavra que me acompanha e me orienta. Hoje, faço uma linda experiência com o amor e o cuidado de Deus por meio da Sua Palavra. Tenho vivido um tempo forte de restauração.

A Sagrada Escritura faz arder o nosso coração

No Evangelho, segundo Lucas 24,13-35, temos a passagem bíblica sobre o encontro do Ressuscitado com os discípulos de Emaús:

“Nesse mesmo dia, dois discípulos caminhavam para uma aldeia chamada Emaús, distante de Jerusalém sessenta estádios. Iam falando um com o outro de tudo o que se tinha passado. Enquanto iam conversando e discorrendo entre si, o mesmo Jesus aproximou-se deles e caminhava com eles. Mas os olhos estavam-lhes como que vendados e não o reconheceram. Perguntou-lhes, então: “De que estais falando pelo caminho, e por que estais tristes?” Um deles, chamado Cléofas, respondeu-lhe: “És tu acaso o único forasteiro em Jerusalém que não sabe o que nela aconteceu estes dias?”. Perguntou-lhes ele: “Que foi?”. Disseram: “A respeito de Jesus de Nazaré… Era um profeta poderoso em obras e palavras, diante de Deus e de todo o povo. Os nossos sumos sacerdotes e os nossos magistrados o entregaram para ser condenado à morte e o crucificaram. Nós esperávamos que fosse ele quem haveria de restaurar Israel e agora, além de tudo isso, é hoje o terceiro dia que essas coisas sucederam. É verdade que algumas mulheres dentre nós nos alarmaram. Elas foram ao sepulcro, antes do nascer do sol; e, não tendo achado o seu corpo, voltaram, dizendo que tiveram uma visão de anjos, os quais asseguravam que está vivo. Alguns dos nossos foram ao sepulcro e acharam-no assim como as mulheres tinham dito, mas a ele mesmo não viram”. Jesus lhes disse: “Ó gente sem inteligência! Como sois tardos de coração para crerdes em tudo o que anunciaram os profetas! Porventura não era necessário que Cristo sofresse essas coisas e assim entrasse na sua glória?”. E começando por Moisés, percorrendo todos os profetas, explicava-lhes o que dele se achava dito em todas as Escrituras. Aproximaram-se da aldeia para onde iam e ele fez como se quisesse passar adiante. Mas eles forçaram-no a parar: “Fica conosco, já é tarde e já declina o dia”. Entrou então com eles. Aconteceu que, estando sentado conjuntamente à mesa, ele tomou o pão, abençoou-o, partiu-o e serviu-lho. Então, se lhes abriram os olhos e o reconheceram… mas ele desapareceu. Diziam então um para o outro: “Não se nos abrasava o coração, quando ele nos falava pelo caminho e nos explicava as Escrituras?”. Levantaram-se na mesma hora e voltaram a Jerusalém. Aí acharam reunidos os Onze e os que com eles estavam. Todos diziam: “O Senhor ressuscitou verdadeiramente e apareceu a Simão”. Eles, por sua parte, contaram o que lhes havia acontecido no caminho e como o tinham reconhecido ao partir o pão.”

Veja a pedagogia de Jesus com aqueles discípulos: o Senhor explica passo a passo o que as passagens das Sagradas Escrituras diziam a respeito d’Ele. E qual foi o efeito disso no coração daqueles homens? O coração ardeu!

Leia mais: 
.:A Palavra de Deus é capaz de iluminar o cotidiano familiar
.:Todo cristão deveria ter a Palavra de Deus gravada no coração
.:Como podemos nos aproximar da Palavra de Deus? 

.: Baixe o aplicativo Canção Nova e tenha nosso conteúdo na palma da mão

Meus irmãos, ouvir e acolher a Palavra de Deus faz o nosso coração arder. Portanto, de nada adianta deixar a Bíblia aberta no Salmo 90 e deixá-la “criando poeira” sem fazer uso dela. Você precisa abrir a sua Bíblia, meditar e rezar com a Palavra de Deus! Somente assim o seu coração irá arder.

E esteja atento: se você acompanhar uma determinada pregação e o pregador não usar a Palavra de Deus, desconfie. É preciso perceber se aquele que está pregando, de fato, tem sua pregação pautada na Sagrada Escritura. Mais ainda: se a vida dessa pessoa que está pregando é realmente uma vida condizente com aquilo que ensina a Palavra de Deus.

É a Palavra do Senhor que nos tira dessa cegueira espiritual, dessa letargia e falta de conversão. Portanto, peça com fé: “Eu quero que a minha vida, Senhor, seja direcionada pela Sua Palavra. Amém”.

::Leve a Canção Nova para sua cidade

Transcrição e adaptação: Alexandre Oliveira

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo
LUZ DA FÉ