Agora meus olhos Te viram

Precisamos conhecer realmente o Senhor vendo-O com os olhos da fé

Agora meus olhos te viram

Márcio Pereira. Foto: Jorge Ribeiro/cancaonova.co

Jó, que era um homem temente a Deus, sofreu muitas provações durante sua vida e após todas elas, Ele chega a conclusão de que: antes achava que conhecia a Deus, mas, só após tudo o que passou ele O conheceu verdadeiramente.

Jó não viu Deus face a face,porém, quando ele diz que agora pode ver verdadeiramente a Deus, é porque ele fez uma experiência com o Senhor.

No livro do profeta Oséias, Deus nos mostra realmente o que é conhecê-Lo; levando-nos ao deserto para falar ao nosso coração.

O deserto, o qual, o Senhor quer nos levar é sair do barulho, e assim nos encontrarmos, e, desse modo, possamos dizer que verdadeiramente nosso olhos O viram.

Isto é o que o Senhor quer fazer conosco hoje, nos tirar desse deserto para que possamos conhecê-Lo, e assim, como Ele diz, casar conosco. É em um casamento, um relacionamento profundamente íntimo, em que realmente se conhece todas as fragilidades e todas as qualidades.

O Espírito Santo vem ao nosso auxílio para que, essa graça de conhecer o Senhor aconteça, pois, não conseguimos fazer essa caminhada sozinhos. Nossa caminhada de crescimento espiritual é algo importantíssimo e, muitas vezes, nossa humanidade nos faz parar e, então, nos acomodamos.

O problema é que, se paramos não quer dizer que ficamos “estacionados”, e sim que, o pecado original vai nos fazendo regredir, e nos desviando do caminho de Deus.

O Espírito quer fazer em nós um avivamento, uma renovação, nos tirar da zona de conforto e nos mover, pois existem muitas pessoas que precisam ser evangelizadas.

Por vezes, precisamos “ser cuidado e carinho”, porque em muitos casos, as pessoas não querem ouvirem ou lerem a Bíblia, elas querem ver em nós o testemunho do que a Bíblia fala. Esta é uma necessidade – o avivamento no Espírito Santo, que nos faz ir ao encontro das pessoas.

Confira um trecho da pregação:

Leia também:
.:Um tempo novo
.:Ele nos dá a vitória

Transcrito e adaptado por João Paulo dos Santos

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo