Devemos buscar o último lugar

Heloísa Paiva
Foto: Bruno Marques/cancaonova.com

Buscar o último lugar é um caminho de amor ao próximo e atenção à vontade de Deus

Aquilo que eu gostaria que fosse feito comigo devo fazer com o próximo. Quando buscamos o último lugar, dando primazia ao outro, fazemo-nos instrumentos da vontade de Deus.

Deus quer falar conosco

Muitas vezes, somos movidos por uma busca, por uma sede que não compreendemos bem. Deus, em Sua providência, incute em nós um direcionamento, para que Ele possa nos ensinar algo importante. Assim foi quando Jesus foi indagado pelos mestres da lei a respeito do Reino dos Céus. Eles queriam respostas terrenas, mas Ele lhes deu uma resposta muito além do que eles podiam esperar.

Vivemos ansiosos e barulhentos

Vivemos em constante ansiedade e agitação, mas a vontade de Deus para nós é que nos aquietemos, pois apenas quando paramos para ouvir, Ele pode falar conosco. Quando assim fazemos, o Espírito Santo ilumina o nosso entendimento, os nossos sentidos, para que possamos verdadeiramente ouvir a voz de Deus. A fé passa pela iluminação de Deus sobre a nossa razão, só assim podemos pisar sem ver os degraus, crendo que Deus nos sustentará e não nos deixará cair.

Se não nos aquietarmos, se não deixarmos a nossa inteligência ser iluminada por Deus, nossa vida passará a ser uma inverdade, constituída de problemas atrás de problemas, e o próprio Deus fica em segundo plano. Não vemos o sentido em nossa existência, a providência d’Ele constantemente nos agraciando. Infelizmente, temos essa tendência de não enxergar além, vamos problematizando e, então, nos entristecemos.

É preciso plantar e ter paciência para colher

As pessoas não tem a paciência de plantar e esperar germinar, querem logo colher. Mas quando agimos guiados pelo Espírito, sabemos que há um tempo certo. Criamos sobre nós mesmos as ondas que nos afogam, alimentadas pela ansiedade.

Talvez, hoje, você não saiba por que está ouvindo a Palavra de Deus, mas se lhe é dada a oportunidade, aquiete-se e ouça-O, pois Ele quer falar com você. E se Deus tem lhe incomodado neste dia, vale a pena aguçar seus ouvidos e pedir a iluminação do Espírito Santo.

Sejamos gratos a Deus, vamos dar atenção a Sua voz. Quando nos aquietamos, buscamos o último lugar, deixamos de lado o nosso querer e priorizamos o próximo, então, o Espírito Santo tem abertura para trabalhar em nós. Mas deve haver um esforço consciente da nossa parte, tirando o nosso eu do centro da nossa existência, deixando Deus ter a primazia.

A dificuldade de amar ao próximo

Amar ao próximo como a nós mesmos é uma dificuldade, como crianças mimadas incapazes de compartilhar seus brinquedos, assim nós agimos. Mas Deus quer de nós que cuidemos do próximo, olhando e zelando por ele como faríamos para nós mesmos. A vontade de Deus é que saiamos de nós mesmos.

A intimidade com Deus só nasce na prática do amor ao próximo, que é superior a holocaustos e sacrifícios. Sejamos, hoje, abertos a ouvir a voz de Deus e a viver a prática do amor ao próximo.

Banner do canal PlayCancaonova no Youtube

Transcrição e adaptação por Jonatas Passos

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo