E esta é a vontade de Deus: 'que sejais santos!'

Alexandre Oliveira
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Somos chamados para sermos santos pela força do Espírito Santo

Você lembra-se daquelas pregações do início da sua conversão, aquelas que te comoviam?

Quando recordamos algo estamos revivendo as sensações em nosso coração.

Na Carta de Paulo aos Tessalonicenses, ele nos faz memória ao nosso chamado de santidade, e não podemos nos esquecer disso. E, para isso, precisamos perseverar em Deus.

A santidade é uma decisão

Na Canção Nova, em um dos nossos documentos, monsenhor Jonas nos explica como nasceu a frase “ou santos ou nada”.

Com a morte da missionária Isabel Cortez, momento doloroso para a Canção Nova, monsenhor Jonas lançou o desafio aos membros: “ou santos ou nada”.

O fundador da comunidade fala que “ser santo é ser diferente”, mas essa diferença não encontra-se no exterior, e sim, no interior. A linguagem e as atitudes devem ser diferentes.

Consagrados devem agir como consagrados, o que é diferente de ser triste e amargurado. Ser diferente não é um peso é a consequência natural do que somos.

Deus nos quer no mundo, mas não somos do mundo. Será que estamos dispostos a vivermos “separados” dos demais?

Não para sermos arrogantes, e sim, porque a santidade nos torna diferentes.

Uma vida de santidade

Muitas vezes, achamos que não conseguiremos responder ao chamado de santidade, assim como fizeram os santos. Entretanto, não podemos nos desesperar, pois há uma solução.

Pela força do Espírito Santo conseguimos corresponder ao chamado à santidade.

No dia de Pentecostes, foi enviado o Espírito Santo, para santificar a Igreja. Assim, quando nos deixamos ser movidos pelo Paráclito, somos santificados.

Quando olhamos para o exemplo dos santos não precisamos nos desesperar. Eles são modelo para nós, para nos mostrar que é possível viver a santidade.

O objetivo da vida virtuosa é tonar-se semelhante a Deus, porque, a virtude nos impulsiona a amar e a perdoar como o Senhor.

Tudo isso só é possível pela força do Espírito Santo! Somos chamados para muitas lutas, porém, grandiosas batalhas nos levam às grandiosas vitórias!

Assista a um trecho da pregação:

Veja mais:

.: Três passos para viver a busca pela santidade

.: A vocação à santidade é para todos!

.: Santidade não é um conjunto de regras e nãos

 

Transcrição e adaptação: Letícia Barbosa

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo