Manter no coração o fogo de amor por Jesus

Mayara Rúbia
Foto: Bruno Marques/cancaonova.com

Para mantermos aceso, em nosso coração, o amor por Jesus, é necessário sermos firmes na nossa escolha de seguir a cruz

Não adianta partilhar a Palavra com vocês sem trazer aqui o que eu pratico em minha vida, pois assim a mensagem seria vazia. Uma vida de caminhada com Deus, de busca pela santidade, não é de doces sabores, não é como um namoro, movido à paixão, mas um aprendizado pelo caminho da dificuldade.

Jesus pagou o preço mais alto

Depois que se descobre a realidade da caminhada com Deus, como manter o fogo do amor aceso em nosso coração? Primeiramente, lembrando que Deus é amor, e isso jamais irá mudar! Isso se prova no fato de que Ele enviou Jesus para morrer pelos nossos pecados, para nos salvar da separação eterna d’Ele.

O amor de Deus por nós é maior que os nossos sentimentos

O amor de Deus para conosco é muito superior a nossos sentimentos e pensamentos, verdadeiro e imutável. Nós somos inconstantes. Hoje queremos, amanhã não queremos mais; ontem gostávamos, hoje, talvez, tenhamos perdido o prazer, assim são nossos sentimentos. Já o amor de Deus é eterno e imutável, chegando à morte de cruz por amor a nós.

Leia também:
O amor eterno de Deus
O sacrifício na cruz é por você
Amou-nos até o fim

Desejamos uma vida boa, uma vida prazerosa com Deus, mas o exemplo de Deus para nós é que o fogo do genuíno amor não se apaga nas dificuldades. Não é movido a juras de amor, fundamentadas num amor idealizado, mas alicerçado no conhecimento que se forja na caminhada.

Se as tempestades, se o caminho difícil, se o cansaço têm o deixado cabisbaixo, lembre-se: Jesus pagou o maior preço por você, aquilo que você está passando é oportunidade e providência de Deus para o seu crescimento. Confie n’Ele, seja firme na sua escolha, e Ele o sustentará e o ajudará a vencer.

Não devemos viver no modo automático

Não podemos permitir que nossa vida com Deus esteja no “modo automático”, rezando por rezar, indo à igreja por ir, simplesmente seguindo uma rotina. Com Ele, as coisas não funcionam dessa forma; é, por outro lado, necessário que cada momento seja revestido de significado, especialmente as dificuldades. Nossos sentimentos são traiçoeiros, mas o entendimento de toda experiência vivida debaixo da misericórdia de Deus não é em vão.

Se você não for até o fim, ninguém irá por você

Se você não se segurar nos seus princípios, se você não perseverar nas suas escolhas, Deus não vai arrastar você. Mas se perseverar, ainda que sem forças, se você se dispor a prosseguir, Ele vai ampará-lo e fortalecê-lo. Mas se você não for até o final naquilo que você acredita, ninguém irá por você.

Se você não caminhar com Jesus, ninguém caminhará por você. Precisamos adotar um estilo de vida não baseado nos sentimentos, mas escolhendo um caminho, persistindo nele até o fim.

A escolha acertada é a de seguir o caminho da cruz, não pular de religião em religião, ficar com Cristo, persistir com Ele até o fim. Leve para Ele as suas dificuldade e não deixe o fogo do amor se apagar no seu coração.

Transcrição e adaptação por Jonatas Passos

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo