As obras de misericórdia

Daniela Miranda

Viver e experimentar a misericórdia do Senhor nos faz ir ao encontro do outro, e nós somos agraciados por Deus com Sua infinita misericórdia.

Estamos sempre motivados a fazer a vontade de Deus? Não. Nem sempre estamos com disposição de praticar as obras de misericórdia. Devemos, então, hoje, meditar um pouco sobre essas obras, pois sem elas não conseguiremos colocar em prática a ação do amor de Deus por meio de nós.

As obras de misericórdia estão presentes de forma muito concreta em nossa vida.

Às vezes, algumas pessoas pensam que as obras de misericórdia estão distantes de si, mas eu lhe digo que não. As obras de misericórdia estão presentes de forma muito concreta em nossa vida. No evangelho de São Mateus capitulo 25,31-46, Jesus nos mostra, de forma muito prática, como viver de misericórdia. Vinde benditos de meu pai, pois tive fome e me deste de comer, sede e me deste de beber. Quando fazemos ao mais pobre é ao próprio Jesus que fazemos.

Por que ainda não praticamos as obras de misericórdia? Sabe quem pode socorrer você na prática das obras de misericórdia? O Espírito Santo, pois Ele é o nosso amigo, que pode nos auxiliar e nos guiar na prática das obras de misericórdia. Sabe onde o Espírito Santo quer escrever a Sua lei? No meu e no seu coração. A nova aliança é a experiência viva com o amor de Deus.

 

Só quem ama põe as obras de misericórdia em ação, porque faz por amor.

O Espírito Santo age em nós e nos leva a viver no amor e por amor. São ações banhadas pelo amor de Deus, que nos levam a ser melhores por onde passamos.

Eis que venho fazer a vossa vontade, ó Senhor ! Essa deve ser a nossa motivação, diariamente, com todas as pessoas que encontramos. Em meio aos necessitados, devemos buscar fazer a vontade do Senhor.

Leia também:
Viva uma profunda experiência com a divina misericórdia.
Na cruz, Jesus nos deu o maior exemplo de misericórdia
Jesus, Senhor e vencedor!

Você já sentiu o prazer de fazer a vontade de Deus ? Qual é essa vontade? A vontade de Deus é que nos ameis uns aos outros.

Quem nos move  é o Espírito Santo.

A mudança radical acontece quando amamos, pois somos assim imagem e semelhança de Deus. Quem nos move nessa prática é o Espírito Santo. São Paulo afirma que todos os que se deixam guiar pelo Espírito podem ser chamados filhos de Deus. Viver as obras de misericórdia somente por que você está na igreja é uma óptica errada. A óptica correta é: por que sou guiado pelo Espirito Santo, devo praticar as obras de misericórdia.

A luz do Espírito Santo nos leva a revelar a face de Deus por onde passamos. Busque, hoje e sempre, essa experiência com o amor de Deus em você e por intermédio de você.

Transcrição e adaptação por Saulo Macena


Saulo Macena

Saulo Macena é membro da Comunidade Canção Nova desde 2009. Morou por 6 anos na missão Canção Nova na França. Saulo é natural da cidade de Fortaleza (CE). Casado, ele é pai de uma filha. O missionário é pregador e também produtor do canal de Formação do site cancaonova.com.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo
Catequeses