São José, homem dócil à vontade de Deus

Fagner Mendonça

Fagner Mendonça | Foto: Larissa Ferreira/cancaonova.com

São José foi o escolhido de Deus para cumprir tão sublime missão. São José, patrono da nossa Igreja, tinha ao seu lado, Maria, a Bem-aventurada, a Escolhida, a Ave cheia de graça; e o Salvador, Emanuel. Entre esses dois grandes, estava o carpinteiro, tão simples e justo.

O Anjo fez o anúncio, primeiro, à Maria, e somente depois José ficou sabendo o que estava acontecendo. A partir de então, os Céus anunciaram a José tudo o que deveria ser feito.

Tamanha era a humildade de São José

Era preciso que um homem assumisse tamanha missão, e ele foi o escolhido por Deus. São José é o terror dos demônios porque ele recebeu de Deus os maiores tesouros: Maria e Jesus.

A simplicidade de São José

Se pela desobediência de Adão e Eva o pecado entrou no mundo, pela obediência e simplicidade de São José, a salvação entrou no mundo.

Deus quis que Jesus nascesse de uma família, do fruto de um amor, da entrega de duas pessoas, por isso, essa família não podia ser qualquer uma. José era um homem de Deus, tinha familiaridade, intimidade e proximidade com Ele.

A Palavra meditada está em Mateus 1,18-24:

“Eis como nasceu Jesus Cristo: Maria, sua mãe, estava desposada com José. Antes de coabitarem, aconteceu que ela concebeu por virtude do Espírito Santo. José, seu esposo, que era homem de bem, não querendo difamá-la, resolveu rejeitá-la secretamente. Enquanto assim pensava, eis que um anjo do Senhor lhe apareceu em sonhos e lhe disse: ‘José, filho de Davi, não temas receber Maria por esposa, pois o que nela foi concebido vem do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho, a quem porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo de seus pecados’. Despertando, José fez como o anjo do Senhor lhe havia mandado e recebeu em sua casa sua esposa”.

Ao acordar, José cumpriu com a vontade de Deus. Pela sua docilidade, colheu dos seus sonhos os planos de Deus.

Confira mais:
.:Conheça a história de São José
.:São José, o nosso pai
.:Canção Simples José na voz de Eugênio Jorge

O encontro de fé

Nossa Senhora deu o Seu ‘sim’ e São José também deu ‘sim’; era preciso muito amor para viver tudo isso e, por meio da docilidade de ambos, houve esse encontro de fé.

São José que tinha tantos sonhos, entregou tudo para viver a vontade de Deus. Os sonhos de São José não eram ruins, eram dignos, mas Deus tinha planos maiores para ele.

São José foi escravo das promessas de Deus. E o que é essa escravidão? É colocar-se debaixo das promessas de Deus, pois, quando estamos debaixo das promessas de Deus, estamos protegidos.

Não tenha medo de ser dócil à vontade de Deus. Tenha a coragem de ser como São José: escravo das promessas de Deus.

Sejamos dóceis

São José é pouco citado nas Sagradas Escrituras, mas tamanha responsabilidade é preciso ter para falar sobre esse homem tão calado e que teve uma grande missão.

Que São José nos ensine a sermos dóceis à vontade de Deus, ele que é o grande modelo de santidade para todos nós. Faça a experiência de deixar-se ser conduzido pelo homem que aceitou Maria e que tanto ensinou a Jesus.

Transcrição e adaptação: Karina Silva.



Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo
Quaresma 2020