Tenhamos um coração apaixonado por Deus

Thiago Tomé

Thiago Tomé | Foto: Bruno Marques/cancaonova.com

A Palavra meditada está em Mateus 6,19-21:

“Não ajunteis para vós tesouros na terra, onde a ferrugem e as traças corroem, onde os ladrões furtam e roubam. Ajuntai para vós tesouros no céu, onde não os consomem nem as traças nem a ferrugem, e os ladrões não furtam nem roubam. Porque onde está o teu tesouro, lá também está teu coração”. 

O coração humano tem sede de se apaixonar. Eu não sei qual é a sua paixão, mas muitas vezes as pessoas têm a visão de que se apaixonar não é bom.

Algumas pessoas são apaixonadas pelo trabalho, pela vaidade e outras dedicam a vida inteira pelos altos cargos. Dei alguns exemplos para que possamos pensar onde está o nosso tesouro. Às vezes dizemos que amamos a Deus, porém dedicamos pouco do nosso tempo para Ele.

Quando vamos ao mercado e pegamos um produto, muitas vezes, nem olhamos a validade, mas a nossa vida é tão finita. De que forma temos dedicado o nosso coração?

Dedicamos tempo a paixão

A paixão é aquilo que move a nossa alma, e quando estamos apaixonados por algo dedicamos tempo e nos esforçamos por aquilo.

Cristo viveu uma paixão por nós, e a paixão d’Ele foi morrer por nós, porque Ele é apaixonado pela humanidade. Cristo tem uma beleza e nos atrai a buscá-Lo. Ele chegou ao extremo da Cruz porque é apaixonado por nós. Olhar para esse amor e não corresponder é muita ingratidão.

Até onde você já foi no seu amor por Cristo? Onde está o seu tesouro? Nas coisas desse mundo?

Coração enamorado por Deus 

Aqueles que sentem amor por Deus, que têm um coração enamorado por Ele são inflamados e contagiam outras pessoas. 

No Evangelho de São Lucas 18,18, diz: “Um homem de posição perguntou então a Jesus: ‘Bom Mestre, que devo fazer para possuir a vida eterna?’. Jesus respondeu-lhe: “Por que me chamas bom? Ninguém é bom senão só Deus. Conheces os mandamentos: não cometerás adultério; não matarás; não furtarás; não dirás falso testemunho; honrarás pai e mãe”. Disse ele: ‘Tudo isso tenho guardado desde a minha mocidade’. A essas palavras, Jesus lhe falou: ‘Ainda te falta uma coisa: vende tudo o que tens, dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu; depois, vem e segue-me’”.

Na Sagrada Escritura, em vários momentos, Jesus fala de tesouros e riquezas, e é como se nos questionasse onde está o nosso tesouro.

O Senhor está nos dizendo que se o nosso coração está cheio de nós mesmos, dos nossos feitos e das nossas paixões, temos pouco espaço para Deus. Diante de Deus não são os grandes feitos que vão nos salvar, mas é a resposta diferente que damos as pessoas.

Os cargos, os trabalhos, as conquistas desse mundo não são as mais importantes, porque tudo isso vai ficar aqui. No dia da morte não as levaremos no caixão.

No tempo que você tem de vida, o que você deixa para as pessoas? As pessoas te reconhecem somente pelas coisas que você tem?

Confira também:
.:O precioso tesouro de Jesus
.:O tesouro da fé e a sua vivência no cotidiano
.:Como temos utilizado os tesouros que existem dentro de nós?

O nosso tesouro é Deus 

Já que o nosso tesouro é Deus, precisamos escolhê-Lo. Quando vier situações onde poderíamos nos dar bem, digamos que somos apaixonados por Deus, e que nós O escolhemos. Quando tivermos que perdoar alguém, só ser católicos ou cristãos por tradição não nos ajudará a crescermos e a perdoarmos o próximo.

Se um coração não é apaixonado por Deus, ele não consegue perdoar. A tendência do coração humano é a vingança, porém, Cristo nos convida a ter um coração apaixonado por Ele, nos convida a dar uma resposta diferente.

Transcrição e adaptação: Karina Silva.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo