Um contínuo treinamento de adoração: louvor

Heloísa Paiva
Foto: Paula Dizaró/cancaonova.com

Necessitamos de um contínuo treinamento de adoração em nossas vidas, para que, possamos adora-Lo em Espirito e em Verdade

Quando o Senhor Jesus conversa com a mulher samaritana, ele deixa claro que não devemos esperar o futuro, que esse é o momento de assumirmos a identidade de adoradores de Deus!

Mas, o que significar ser adorador? É simplesmente estar diante do Jesus Eucarístico? Sim, mas não só de corpo, também, de alma. A comunhão deve ser completa, em Espírito e Verdade.

Adorar em Espírito e em Verdade é desligar-se de todo o restante, é dedicar seu tempo, sua atenção, para a adoração a Ele. Estar na presença d’Ele é um esforço! Como ser capaz de fazer isso? Através do treinamento! E, você só passa pelo treinamento se você propõe-se a ouvir a Deus, num exercício contínuo em sua vida.

Interessante que, aquilo que Deus espera de nós, é uma postura. Você não precisa de uma capela para adorar a Ele; adore a Deus na Palavra! O que ele deseja de nós é um esvaziamento de nós mesmos, para que, Ele possa nos preencher com amor e com as novidades d’Ele.

É preciso lembrar-se de Deus

Num tempo em que tudo à nossa volta, quer nos arrebatar da necessidade de adorar a Deus, da necessidade de lembrarmos em agradecer a Ele, os meios de comunicação, a cultura agitada, tudo nos consome e faz-nos voltarmos para as coisas dessa vida. Mas, como cristãos, como pessoas que enxergam a eternidade, não podemos nos acomodar, e sim, seguir na contramão deste mundo.

O Milagre Eucarístico só acontece quando nos submetemos à vontade de Deus! Ele não se cansa de nós, Ele não desiste de nós. Quando assim fazemos, nos submetemos, então a nossa vontade passa a ser a vontade d’Ele.

O perigo da muita comunicação com pouca qualidade

Hoje é tão fácil nos comunicar, nos comunicamos tanto, muito volume, mas pouca qualidade. Esse deve ser o cuidado que devemos ter em nosso dialogo com Deus, não devemos falar muito, e sim, nos treinarmos a ouvi-Lo, para que exista qualidade em nossas orações.

Todos temos necessidades, queremos muitas coisas! Porém, antes de pedir, de rezar, precisamos nos lembrar de que, ali está Aquele que nos ama. O Salvador que nos ama e quer transformar a nós. Mas, para isso, precisamos nos esvaziar e estar diante d’Ele em Espírito e em Verdade.

Assista a um trecho da pregação:

Leia também:
A obediência: Fruto da Adoração
Transformado pela adoração

Transcrito e adaptado por Jonatas Passos

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo