Viva todos os dias as bem-aventuranças de Deus

As bem-aventuranças de Deus exigem de nós um caminho de santidade

Padre Anderson Guerra de Andrade Foto: Andréia Britta/cancaonova.com

Deus nos chama e nos forma para participarmos das bem-aventuranças. Quando erramos ou alguém próximo a nós erra, nós ficamos tristes e queremos que essas pessoas voltem a viver as bem-aventuranças.

O Senhor quer que, cada um de nós, participe da Sua felicidade, ou seja, alcance a alegria próxima d’Ele.

As bem-aventuranças são como diversas exigências para quem deseja viver um caminho de santidade e ser um verdadeiro discípulo de Cristo. Precisamos ser um um cristão autêntico para todos.

Os nossos pecados trazem aflições e coisas tristes para o nosso coração, mas também, choramos pelo pecado do outro. Quando vemos o outro pecar e desejamo a ele mal, somos doentes. Não podemos ter uma mente doentia, ao ponto de rir do pecado do outro.

Devemos nos arrepender e voltar para perto de Deus, porque o fundamento das bem-aventuranças é quando choramos pelos nossos pecados e pelos outros, assim, o Senhor vem nos consolar.

Leia mais:
.: Confira outras pregações
.: Atitudes que nos preparam para a vida eterna

O que é reparação?

É reparar algo que estragou e precisa de reparação, pois, quando erramos e nos arrependemos, é necessário fazer uma oração de reparação e pela graça do perdão.

São João Crisóstomo diz que, segundo as bem-aventuranças, choramos por dois motivos: porque pecamos e perdemos o céu. Chorar não é uma vergonha. Quem engole o choro consome a mágoa, o trauma e a tristeza. E o que fazer? Isso vira um problema de cura interior e precisa ser restaurado.

As lágrimas curam, libertam e nos trazem algo sobrenatural, pois, quando choramos com sinceridade, os nossos pecados e as nossas preocupações desaparecem e o sobrenatural de Deus começa a acontecer.

Vida de santidade

Deus tem uma promessa para cada um de nós e, quando buscamos viver as bem-aventuranças, estamos trilhando um caminho de santidade, porque os planos de Deus irá acontecer na nossa vida.

Quando nós pecamos, acabamos traindo a Jesus. O Papa Francisco tem falado muito sobre as lágrimas e que Nossa Senhora sempre está conosco, por isso, quem tem uma cruz, sempre terá Maria enxugando suas lágrimas com o seu manto.

Quem comunga em lágrimas faz a experiência da cura interior, então, comungue com o coração contrito. Se não aprendermos a chorar, não seremos bons cristãos.

Onde você tem buscado os consolos?

Jesus é o consolador das nossas lágrimas. Quando nos arrependemos, o sobrenatural de Deus acontece na nossa vida.

Quando descobrimos que o nosso choro e a nossa conversão traz as promessas de Deus, esse é o momento em que estamos fazendo o caminho de santidade. Deus sempre quer curar, consolar e fazer a obra.

Transcrição e adaptação: Alessandra Borges

Banner do canal PlayCancaonova no Youtube

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo