Vocação: desafio de amor e descoberta

Virlaine e Jailson. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Virlaine e Jailson. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Todos nós temos um chamado que precisa ser correspondido. Meditemos a Palavra de Deus em São Marcos 10,17-23: “Tendo ele saído para se pôr a caminho, veio alguém correndo e, dobrando os joelhos diante dele, suplicou-lhe: “Bom Mestre, que farei para alcançara vida eterna?” Jesus disse-lhe: “Por que me chamas bom? Só Deus é bom.  Conheces os mandamentos: não mates; não cometas adultério; não furtes; não digas falso testemunho; não cometas fraudes; honra pai e mãe.” Ele respondeu-lhe: “Mestre, tudo isto tenho observado desde a minha mocidade.” Jesus fixou nele o olhar, amou-o e disse-lhe: “Uma só coisa te falta; vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres e terás um tesouro no céu. Depois, vem e segue-me. Ele entristeceu-se com estas palavras e foi-se todo abatido, porque possuía muitos bens. E, olhando Jesus em derredor, disse a seus discípulos: “Quão dificilmente entrarão no Reino de Deus os ricos!”.

Por meio dessa Palavra, vemos que Jesus fixou os olhos sobre aquele jovem rico e o amou. A vocação nasce num simples olhar e assim acontece com cada um de nós. Quando o nosso olhar cruza com o olhar do Senhor, surge o convite para a nossa vocação; mas daí temos de dar a resposta, se escolhemos segui-Lo ou não.

Esse jovem do Evangelho era fiel, bom e praticava as Leis de Deus. Você, que está na caminhada, pode até ser rico, mas a cada dia o Senhor nos pede: “Vai, vende tudo o que tens e segue-me!”.

Jailson: Somos de uma família de cinco irmãos e éramos muito unidos. Quando tive meu encontro pessoal com Deus, li essa Palavra e achei que precisava apenas ter o desapego com os bens materiais, mas quando me deparei deixando os conselhos do meu pai e a boa comida da minha mãe, foi muito difícil!

Muitos podem pensar: “Essa conversa de vocação é apenas para os padres e para as religiosas!”. Não, estamos errados! A vocação é para todos nós que acreditamos em Jesus Cristo!

O mistério da nossa doação e entrega é seguir o Senhor. Devemos renovar sempre o nosso seguimento. Precisamos ficar atentos para não nos apegarmos às riquezas, aos ídolos e colocá-los na frente do nosso seguimento, que é Jesus.

Virlaine: O jovem da Palavra queria ganhar a vida eterna, mas não tinha consciência de como ganhá-la. Ele precisava seguir Jesus.

O ser humano compra tudo, quer tudo, é uma busca desenfreada; mas o nosso verdadeiro sentido é Deus! Do coração d’Ele nascemos e para lá voltaremos; em tudo que fazemos o sentido maior precisa ser Ele.

Existe uma frase que diz: “O homem pode suportar tudo, menos a falta de sentido em sua vida.” (Victor Frankl). Quando o ser humano se sente sem sentido, vêm as doenças, a solidão, a depressão etc. Onde está sendo depositado o sentido final da sua existência?

Quando tinha uns dezenove anos, eu era fiel, vivia uma vida certa, em Deus. Quando me vi sentada num banco em um dos Acampamentos da Canção Nova, tive meu encontro pessoal com Deus e me senti chamada. Dizia: “Senhor, mas eu faço tudo certo, eu rezo, vou à igreja”.

O Senhor me queria e me chamava, e eu chorava muito, mas com Sua graça, meus pais sempre me educaram na religião. Foi difícil, porque eu tinha os meus sonhos, porém, quando temos uma intimidade com o Senhor, conseguimos responder ao chamado.

Peregrinos participam da Quinta-feira de Adoração na Canção Nova. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Peregrinos participam da Quinta-feira de Adoração na Canção Nova. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Jailson: As promessas de Deus acontecem. Não precisa nem brigar, porque Ele faz a obra acontecer. O mais difícil foi deixar minha família. Ela não era perfeita. Vi, muitas vezes, meus pais se perdoarem, já briguei com meus irmãos, mas a importância da família também é uma riqueza.

“Os discípulos ficaram assombrados com suas palavras. Mas Jesus replicou: “Filhinhos, quão difícil é entrarem no Reino de Deus os que põem a sua confiança nas riquezas! É mais fácil passar o camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar o rico no Reino de Deus.” Eles ainda mais se admiravam, dizendo a si próprios: “Quem pode então salvar-se?” Olhando Jesus para eles, disse: “Aos homens isto é impossível, mas não a Deus; pois a Deus tudo é possível. Pedro começou a dizer-lhe: “Eis que deixamos tudo e te seguimos.”Respondeu-lhe Jesus. “Em verdade vos digo: ninguém há que tenha deixado casa ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou filhos, ou terras por causa de mim e por causa do Evangelho que não receba, já neste século, cem vezes mais casas, irmãos, irmãs, mães, filhos e terras, com perseguições e no século vindouro a vida eterna. Muitos dos primeiros serão os últimos, e dos últimos serão os primeiros.” (São Marcos 10, 24-31).

“Os pais são os primeiros responsáveis pela educação dos filhos. Testemunham esta responsabilidade, primeiro pela criação dum lar onde são regra a ternura, o perdão, o respeito, a fidelidade e o serviço desinteressado. O lar é um lugar apropriado para a educação das virtudes, a qual requer a aprendizagem da abnegação, de sãos critérios, do autodomínio, condições da verdadeira liberdade. Os pais ensinarão os filhos a subordinar «as dimensões físicas e instintivas às dimensões interiores e espirituais» (17). Os pais têm a grave responsabilidade de dar bons exemplos aos filhos. Sabendo reconhecer diante deles os próprios defeitos, serão mais capazes de os guiar e corrigir:«Aquele que ama o seu filho, castiga-o com frequência […]. Aquele que dá ensinamentos ao seu filho será louvado» (Sir 30, 1-2). «E vós, pais, não irriteis os vossos filhos: pelo contrário, educai-os com disciplina e advertências inspiradas pelo Senhor» (Ef 6, 4).” (CIC 2223).

A vocação é um desafio de cruz e de renúncia. Deus está falando com você assim como falou conosco. O que Ele lhe pede?

Reze com o casal Virlaine e Jailson:

Transcrição e adaptação: Karina Aparecida

Adquira esta pregação pelo telefone: (012)3186-2600

contribuicaocn


Virlaine e Jailson


Casal de consagrados da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo