A música como instrumento de evangelização

Qual foi o dom que Deus te deu para que você ajude na evangelização?

Padre Cleidimar Moreira. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Qual dom Deus lhe deu para que você ajude na evangelização?

O Senhor necessita de nós, Ele precisa que sejamos destemidos para levar o Seu nome a todos os lugares. Mas, para isso, temos de mudar, e o primeiro passo para essa mudança é a cura interior.

Você, alguma vez, teve um machucado que precisou mexer e sangrou ainda mais? É assim também com as nossas feridas interiores.

Há muita gente que fala de Deus e canta louvores a Ele, mas será que a sua vida e a sua música falam do Senhor? O Altíssimo quer nos libertar dos medos e das feridas. Você conhece alguém que precisa de uma conversão verdadeira? O impossível Deus pode realizar.

Talvez você se pergunte: “Por que Deus precisa de nós?”. Ele precisa de profetas. Qual foi o dom que Ele lhe deu para que você ajude na evangelização? Eu não posso querer ser um bom padre para ser reconhecido. Você que é mãe, seja uma excelente mãe, mas sem esperar nada das pessoas a sua volta. Os pais também são chamados a serem bons pais, mas na medida certa para não estragar os filhos. E essa medida deve ser dosada com amor. Ser pai e mãe é um dom.

Nós temos de usar os dons que o Senhor nos deu para resgatarmos o Seu povo. Deus necessita de cada um de nós para sermos curados e transformados, para sermos canal da graça para as pessoas.

Muitas músicas e situações de pecado o afastaram de Deus, mas, hoje, você está se deixando moldar por Ele. Enquanto a vontade do Pai para nossa vida é a nossa salvação, a vontade do inimigo é perdição para nós. Por isso a importância de assumirmos que somos filhos de Deus.

A boca fala do que o coração está cheio. Por isso precisamos pedir que o Senhor cure o nosso coração.

“Crede-me: estou no Pai, e o Pai em mim. Crede-o ao menos por causa destas obras. Em verdade, em verdade vos digo: aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço, e fará ainda maiores do que estas, porque vou para junto do Pai. E tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome, vo-lo farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Qualquer coisa que me pedirdes em meu nome, vo-lo farei” (João 14,11).

Quem faz uma experiência com o Senhor sente-se vivo, não aquela pessoa morta e acomodada. Isso não significa que não haverá mais problemas, mas estes serão vistos de forma diferente.

Por que a Igreja Católica é a mais perseguida? Falo da Igreja Católica, porque ela porta todos os meios para a nossa conversão. Quem a constituiu foi Nosso Senhor Jesus Cristo. Por isso, quando você se sentir tentado, não estranhe, significa que está no caminho certo! O Senhor quer nos curar e utilizar os dons que Ele nos deu para a missão. Eu tenho o dom da música. Qual é o seu dom? Da intercessão, da dança ou de tocar um instrumento musical?

A música como instrumento de evangelização

Peregrinos participam da ‘Quinta-feria de Adoração’ com a pregação do padre Cleidimar. Fotos: Daniel Mafra/ cancaonova.com

O lugar mais difícil para evangelizar é dentro de casa. Mesmo que você tenha se convertido, as pessoas ainda desconfiam de você. Mas Deus quer utilizar os dons que nós temos para a salvação das almas. Nós estamos neste mundo para ajudar os outros a terem uma experiência com Deus. Queira ser instrumento do Senhor e ajudar a muitos!

Será que as nossas músicas católicas têm ajudado na evangelização? Sim, graças a Deus! Mas há muitas pessoas cristãs, até mesmo de outras denominações, que têm cantado músicas que não falam de Deus e usado ritmos do mundo, até mesmo pegam ritmos prontos de músicas seculares e colocam a letra de Deus. Tome cuidado! Seja criativo, vá rezar! Cuidado também com as músicas que está ouvindo.

Quando temos uma experiência com o Senhor, passamos por uma alegria tão forte que as pessoas se incomodam com a nossa felicidade. Como queremos que Deus habite em nossa casa se a estamos enchendo com muitas músicas que não são d’Ele?

Estou fazendo o meu novo CD que vai se chamar ‘Cura-me para amar’, no qual tenho refletido que, enquanto nós brincamos de ser filhos, Deus não brinca de ser Pai.

Transcrição e adaptação: Jakeline Megda D’Onofrio.


Padre Cleidimar Moreira


Sacerdote da Diocese de Goiânia

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo