O Reino de Deus sempre nos propõe escolhas

o_reino_de_deus_sempre_nos_propoe_escolhas

Padre Reinaldo Cazumbá. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

“Só entram no Reino de Deus quem faz a opção de permanecer com Jesus Cristo”.

O capítulo 13 de São Matheus tem diversas parábolas: do ‘Reino’ e do ‘Semeador’ que saiu a semear; a parábola do homem que descobriu uma pedra preciosa no campo e do homem que semeou a semente boa, mas o inimigo colocou o joio. Há também a parábola das redes. Todas elas nos preparam e nos exortam para o Reino de Deus e para a segunda vinda de Cristo.

Por meio das parábolas, o Senhor toca em diversas dimensões da vida do ser humano e usa uma linguagem bem simples para que ele a entenda. Pense nesta parábola agora, na qual o homem lança as redes. Você já viu, em algum filme, alguém as lançando? Quando isso acontece, alguns peixes são separados, pois há alguns tão pequenos, que precisam de uma seleção. O Reino de Deus é também uma separação entre aquilo que é d’Ele e aquilo que não o é.

Talvez, você se pergunte: “Por que todos os tipos de peixes vêm à rede?”. Porque seja no rio ou no açude, você não consegue ver aqueles que vão entrar na rede.

Todos nós somos chamados à vida eterna, mas alguns não aceitam o chamado e não o acolhem. Talvez seja porque não se sintam preparados, ou ainda se fazem excluídos dessa seleção. Há aqueles que renegam o Senhor, e esses vão se perder.

O Reino de Deus sempre nos propõe escolhas e tomadas de decisão. O Senhor sempre vai nos propor que permaneçamos n’Ele; ninguém é excluído pelo Senhor, mas o próprio ser humano, muitas vezes, exclui-se. Para tudo o que você escolher em sua vida haverá uma consequência, seja para a salvação ou condenação eterna.

Só entram no Reino de Deus quem faz a opção de permanecer com Jesus Cristo. Os maus serão lançados no fogo, onde haverá choro e ranger de dentes. Você precisa lançar seus pecados no fogo da misericórdia, do Espírito Santo, para você não ser lançado no fogo eterno.

o_reino_de_deus_sempre_nos_propoe_escolhas

Peregrinos participam da Santa Missa com padre Reinaldo Cazumbá na Canção Nova. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Precisamos pedir ao Senhor a conversão do nosso coração, a fim de que não sejamos lançados no inferno. Se você precisa abrir mão de certas coisas, comece a ceder agora. Não há como você entrar no Reino do Céus como você está, porque lá é lugar de purificação, e a nossa vida precisa ser purificada para irmos ao encontro de Jesus.

Se estamos “cheios” de coisas que não são de Deus, não conseguiremos ir para o céu. Temos de eliminar de nossa vida o que não nos leva para o céu. Temos de tirar os pecados da nossa vida para que você possa entrar no Reino. Se não, quando o Senhor puxar a rede, você será selecionado e descartado. Cuidado com aquilo que está fazendo da sua vida! Não existe melhor coisa na vida do que pertencer ao Senhor. As coisas passam, e ninguém leva nada deste mundo.

As pessoas só vão levar desta vida aquilo que construíram. Por isso, a nossa vida precisa proclamar todo o tempo, por meio de gestos e atos, o senhorio de Jesus. Cuidado para você não se perder e acabar perdendo o que há de mais precioso em sua vida: Jesus Cristo. O cristão precisa tranformar-se n’Aquele que recebe na comunhão.

Nós estamos nos preparando para o Senhor que vem. Se você está caminhando sem se preparar, cuidado! Porque ele pode vir a qualquer momento. Se esperamos uma visita, não o façamos de qualquer jeito. Quando alguém vai à sua casa, você faz de tudo para ela ser bem acolhida. E se Jesus vier hoje, na sua vida, Ele será bem acolhido no seu coração? Não adianta dar desculpa para Jesus. Então, prepare-se!

Que a santidade da sua vida apresse o Senhor, que logo virá!

Transcrição e adaptação: Jakeline Megda D’Onofrio. 

Adquira esta pregação pelo telefone: (012) 3186-2600

contribuicaocn

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo