Salvos pelo Sangue de Cristo

Padre Padre Eduardo Braga e Silva. Foto: Wesley Almeida.cancaonova. com

Padre Eduardo Braga e Silva. Foto: Wesley Almeida/cancaonova. com

Entramos num mês novo, o mês de julho, tempo dedicado ao Preciosíssimo Sangue de Cristo. Foi Jesus quem disse: “Tomai todos e bebei! Este é o cálice do meu sangue, o sangue da nova e eterna aliança”. Somos esse povo da nova aliança, e temos o direito de provar desse Sangue!

Meditemos a Palavra de Deus em Hebreus 12, 22-24: “Vós, ao contrário, vos aproximastes da montanha de Sião, da cidade do Deus vivo, da Jerusalém celestial, das miríades de anjos, da assembleia festiva dos primeiros inscritos no livro dos céus, e de Deus, juiz universal, e das almas dos justos que chegaram à perfeição, enfim, de Jesus, o mediador da Nova Aliança, e do sangue da aspersão, que fala com mais eloquência que o sangue de Abel”.

Precisamos nos aproximar de Jesus, o Mediador, pois com Seu Sangue Ele nos resgatou para Deus. Muitos podem dizer: “Ah, mas eu nunca pensei muito no Sangue de Jesus!”. O Senhor nos chama à conversão, porém, é fato que muitos abandonam a missão e se entregam ao que é supérfluo.

O Sangue de Cristo é o preço da nossa salvação. Jesus podia salvar o mundo da forma que quisesse, mas escolheu o amor pelo sangue. Temos um Deus que se deu por nós, mas foi maltratado. Precisamos clamar por esse Sangue!

Se você ainda tem dificuldade para invocar o nome do Senhor, olhe para Maria, porque o sangue d’Ele veio dela. Quem viu esse Sangue se derramar primeiro, quem o recolheu após a morte de Jesus foi a Mãe do Cordeiro, que tirou o pecado do mundo.

Peregrinos participam da Quinta-feira de Adoração na Canção Nova. Foto: Wesley Almeida. cancaonova.com

Peregrinos participam da Quinta-feira de Adoração na Canção Nova. Foto: Wesley Almeida/ cancaonova.com

Quantas vezes oramos! Mas não podemos deixar de lado o Preciosíssimo Sangue de Jesus. Nós pertencemos a um Deus que nos amou até o fim.

Começar este mês de julho adorando o Sangue de Cristo é sentir que a vida está em nós. Precisamos fazer parte dessa espiritualidade!

Gostaria que você redescobrisse o poder do Sangue de Cristo em sua vida. Quantas vezes brincamos com o Sangue de Jesus em nossa boca! Às vezes, os nossos sentidos não nos ajudam, mas precisamos acreditar. Nós temos a graça de receber o Sangue e o Corpo de Cristo.

Jesus perguntou a Seus discípulos: “Vocês podem beber do meu cálice?”. Dê a Ele a sua resposta: você pode beber do cálice de Cristo?

No Antigo Testamento, o sangue estava ligado ao cordeiro como algo muito sagrado. Recordemos quando o anjo exterminador passou pelas cidades da época de Jesus, de casa em casa. Apenas aqueles que tinham, em suas portas, uma marca de sangue eram poupados.

Viva em comunhão com este Sangue da nova e eterna aliança, que foi derramado por cada um de nós para nos perdoar de todos os pecados.  Como podemos entender isso?

Nós éramos condenados, desgraçados, a ira do mundo pesava sobre nós. Deus pagou e apagou, com o Sangue de Seu Filho, nossos pecados. Receba novamente a vida por este Sangue, inicie essa devoção que é vida!

Rezemos: “Chagas abertas, coração ferido, o Sangue de Cristo está entre nós e o perigo!”. Usemos essa arma!

Transcrição e adaptação: Karina Aparecida

contribuicaocn1


Padre Eduardo Braga


Vigário Episcopal do Vicariato rural da Arquidiocese de Niterói – RJ

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo