Sirva ao Senhor com alegria

Luzia Santiago. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Luzia Santiago. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Precisamos viver a alegria na prática afirma Luzia Santiago         

Como estou contente de ver o amor de vocês por Jesus! O mundo precisa ver que Deus está vivo e que Ele ama Seu povo e continua acreditar em Seus filhos e Suas filhas, que o Seu amor misericordioso toca cada um. É uma humanidade nova que nasce! Eu creio que faço parte de uma nova geração, creio que Deus tem o mundo em Suas mãos, creio que o Senhor é o Deus do universo, o criador do céu e da terra. Eu creio que o Senhor me ama e ama você!

O Pai das Misericórdias, hoje, está abrindo os corações para a transformação. Não importa onde estejamos, em qualquer face da terra, ele está nos chamando.

A primeira adoração da Canção Nova foi, em 1980, na capelinha, quando estava começando a Rádio CN. Foi após um momento muito doloroso em nossa vida, quando Isabel [missionária da Canção Nova] foi ao encontro de Deus. Com o tempo de muita dor que estávamos vivendo, começamos o grupo de oração. Pela primeira vez, parou um ônibus, na Canção Nova, que ficou sabendo do grupo e veio para rezar conosco.

Deus colocou, no coração de Terezinha, a inspiração de fazer uma caravana para a Canção Nova, e por isso estamos aqui hoje. Somos fruto da ousadia do monsenhor Jonas em construir a Rádio da Canção Nova. Através das ondas curtas, a mensagem do Senhor foi sendo levada.

Vale a pena investir a nossa vida pelo Reino do Céu. Vale a pena dar um ‘sim’ a Jesus e nunca mais voltar, vale a pena dar um ‘sim’ ao Senhor, porque Ele vai à nossa frente. Estamos em um tempo lindo do Advento, quando a liturgia nos convida a preparar o coração para receber Jesus e não ter medo de assumir o nosso batismo. Somos um país cristão e, por isso, precisamos nos revestir dessa alegria.

Nosso maior testemunho é nossa fé e a alegria do Senhor. “Mesmo enfermo diga: ‘Eu sou guerreiro!’”, (Joel 3,10). É uma graça divina, mas também é luta diária.

Esses dias, encontrei-me com a Carmelita, uma irmã de comunidade, e ela me disse que as pessoas do trabalho foram rezar no Santuário do Pai das Misericórdias e Deus colocou no coração delas essa Palavra: “E agora, orai ao Deus de todas as coisas, que fez grandes coisas pela terra toda, que multiplicou nossos dias desde o seio materno, e usou de misericórdia para conosco. Que ele nos conceda a alegria do coração, e que a paz esteja com Israel agora e para sempre” (cf. Eclesiástico 50,24).

A misericórdia do Senhor está conosco.

Luzia Santiago contagia os peregrinos na Canção Nova com sua alegria. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Luzia Santiago contagia os peregrinos na Canção Nova com sua alegria. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

“Alegrai-vos no Senhor” (Filipenses 4,14). Quando ficamos de cara feia, as pessoas nos perguntam: “O que você tem?”. A tristeza tira de nós a beleza natural; já a alegria nos dá uma imagem nova, nos leva ao perdão, à abertura para as pessoas e para o amor. Para que ficar triste? Você tem dor e sofrimento? Mas quem não passa por sofrimentos! Eu sou esposa do Eto [Wellington Jardim, Diretor Executivo da FJPII] e sou cofundadora da Canção Nova, junto com monsenhor Jonas Abib, desde 1978. Por tantas coisas já passamos! Mas como nos diz a Palavra de Deus, “não somos, absolutamente, de perder o ânimo para nossa ruína” (Hebreus 10).

Será que minha alegria precisa se esvaziar, porque sou esposa de um homem que é responsável por toda infraestrutura e por toda administração da Canção Nova? Claro que não! Ele tem toda uma esquipe.

Eu estou ao lado do meu marido e não o vejo dormir. Mesmo se ele quisesse ter uma vida normal, com muitos prazeres, o que é bom, com os desgastes do dia a dia e as enfermidades, mesmo eu me alegrando, não é fácil para mim vê-lo sofrendo e não sofrer junto! Também sou como uma ‘mãe’ para os membros da Canção Nova, e vejo o processo de cada um que passa pela vocação. É claro que eu também passo por muitas purificações, mas eu conto com a força do Alto. Da parte do Pai, será dado o Espírito Santo até o fim dos tempos!

Você, que está passando por doenças e dificuldades, o Senhor está lhe dizendo: “Acorda, meu filho! Acorda, minha filha! Nada impedirá meu Espírito, nem mesmo a mágoa que você traz no coração”. Não importa o que tenha acontecido com você, abra o seu coração para que Deus o cure. Ele nos dá a força e a graça do Espírito Santo. Por meio do Paráclito, a alegria nunca vai lhe faltar. Não se deixe amarrar pelo sentimento de culpa. O que roubou sua paz e alegria? Fale ao Espírito Santo.

O Senhor está dizendo: “Alegrai-vos! Que seja a sua alegria conhecida por todos”. Precisamos viver a alegria na prática.

O Papa Francisco disse sobre Nossa Senhora: “Qual foi o primeiro ato que a Virgem Maria fez quando chegou perto de Isabel? Ela exaltou de alegria, cantou o Magnificat e ficou três meses ajudando Santa Isabel. Alegria comporta bondade, perdão e generosidade para as pessoas, porque o Senhor está próximo. Muitas pessoas vão à loja e compram presentes, mas o melhor presente que podemos dar a quem amamos é a alegria, é Jesus.

“Não vos inquieteis com nada! Em todas as circunstâncias apresentai a Deus as vossas preocupações, mediante a oração, as súplicas e a ação de graças” (Filipenses 4,6). Você está preocupado ou angustiado? Louve o Senhor, pois o louvor o libertará. Viva com o coração sempre alegre.


Luzia Santiago


Cofundadora da Comunidade Canção Nova

Twitter
Blog

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo