Sob a intercessão de Maria

Antonieta Sales. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Antonieta Sales. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

A Palavra de Deus é inesgotável, a cada versículo Ele preenche o nosso coração!

Meditemos a Palavra de Deus em São João 2, 1-12: “Três dias depois, celebravam-se bodas em Caná da Galileia, e achava-se ali a mãe de Jesus. Também foram convidados Jesus e os seus discípulos. Como viesse a faltar vinho, a mãe de Jesus disse-lhe: Eles já não têm vinho. Respondeu-lhe Jesus: Mulher, isso compete a nós? Minha hora ainda não chegou. Disse, então, sua mãe aos serventes: Fazei o que ele vos disser. Ora, achavam-se ali seis talhas de pedra para as purificações dos judeus, que continham cada qual duas ou três medidas. Jesus ordena-lhes: Enchei as talhas de água. Eles encheram-nas até em cima. Tirai agora , disse-lhes Jesus, e levai ao chefe dos serventes. E levaram. Logo que o chefe dos serventes provou da água tornada vinho, não sabendo de onde era (se bem que o soubessem os serventes, pois tinham tirado a água), chamou o noivo e disse-lhe: É costume servir primeiro o vinho bom e, depois, quando os convidados já estão quase embriagados, servir o menos bom. Mas tu guardaste o vinho melhor até agora. Este foi o primeiro milagre de Jesus; realizou-o em Caná da Galileia. Manifestou a sua glória, e os seus discípulos creram nele. Depois disso, desceu para Cafarnaum, com sua mãe, seus irmãos e seus discípulos; e ali só demoraram poucos dias”.

A partir dessa Palavra, fazemos uma experiência com a intercessão de Nossa Senhora. Sabemos, por meio da Primeira Carta de São Paulo a Timóteo, que há um só Deus e um só mediador entre Deus e os homens: Jesus Cristo, Nosso Senhor. Porém, nossa Igreja nos faz lembrar de que Maria, a Mãe de Jesus, é também nossa medianeira, porque o seu ‘sim’ dado ao Senhor, colaborou para a salvação humana; ela foi o canal para que a graça viesse a se cumprir entre nós: Seu Filho, Nosso Salvador.

A Igreja honra a Virgem Maria, porque ela é Advogada, a Auxiliadora e Protetora. E vemos que, nesses títulos de Nossa Senhora, ela não está se colocando à frente de Jesus, querendo ser mais do que Ele. Nossa Senhora carrega nos braços o socorro da humanidade, ela é a mãe do socorro, e isso nos dá a certeza da sua intercessão por nós!

Nossa Senhora usa de duas frases importantes do Evangelho para nos ensinar a falar com Deus: “Eles já não têm vinho”, “Fazei o que ele vos disser”. O interessante da intercessão de Maria, nas Bodas de Caná, é que ela usa de algo material para expressar uma realidade espiritual. Essa Palavra vem nos ensinar a necessidade espiritual de que o mundo tanto precisa.

No mundo em que vivemos, falta o vinho da alegria, da união, da sabedoria e do Espírito Santo; e somente Deus pode preencher em abundância aquilo que não temos. Por isso, Nossa Senhora não teme pedir a graça do Espírito para nossa vida.

Quando nós, sem medo, buscamos intimidade com Nossa Senhora, ela sabe do que estamos precisando e se antecipa em falar com Deus. Nós estamos precisando de uma vida nova, é hora de buscarmos uma intimidade maior com o Senhor!

Precisamos experimentar em nossa vida os milagres. Há milagre maior do que a vida? Muitas vezes, esquecemo-nos de agradecer ao Pai, por isso precisamos abrir os nossos olhos para agradecer a Deus pelos milagres da vida.

Peregrinos participam da Quinta-feira de Adoração na Canção Nova. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Peregrinos participam da Quinta-feira de Adoração na Canção Nova. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

O segredo para uma vida feliz, reta, de fé e milagres é fazer o que Jesus quer.

Quantas desgraças acontecendo pela humanidade! Porém, não podemos nos entristecer. Precisamos pedir, rezar, colocarmo-nos diante de Deus. Muitas vezes, não sabemos nos colocar diante d’Ele, procuramos tantas palavras bonitas para Lhe dizer, mas Ele espera que digamos a nossa verdade, que sejamos humildes.

Nós somos muito complicados e as coisas de Deus são simples. Os nossos vasos estão vazios e só Jesus pode nos dar o vinho novo e transformar a nossa vida.

Quando rezamos, pedimos coisas materiais em vez da ação do Espírito Santo; quando passamos por dificuldades, centralizamo-nos nelas pedindo apenas coisas do mundo. Quando fazemos a experiência com o Paráclito, tudo vem em acréscimo.

Complicamos demais as coisas e não queremos fazer a vontade do Senhor; no entanto, com Ele não podemos ser mais ou menos. Nosso pedido deve ser como o de Nossa Senhora: precisamos pedir o vinho novo para a nossa vida, para a nossa humanidade.

Somos chamados a ser intercessores uns pelos outros, estarmos sempre em oração pelo mundo, pelas dificuldades que um irmão está passando. Não custa nada nos colocarmos diante do Senhor e Lhe pedirmos o vinho novo para a humanidade.

O melhor intercessor é aquele que anda com o terço na mão, pois Cristo está presente ali! Não tenha medo de rezar.

Transcrição e adaptação: Karina Aparecida

Adquira esta pregação pelo telefone: (12) 3186-2600
contribuicaocn


Antonieta Sales


Missionária da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo