Você é a casa de Deus

Padre Edimilson Lopes - Foto: Daniel Mafra

Padre Edimilson Lopes – Foto: Daniel Mafra

A Babilônia ficava ao sul do Iraque, uma cidade antiga conhecida por sua beleza. Na época, a sétima maravilha do mundo. Uma cidade religiosa que cultuava diversas divindades; aparentemente, uma cidade religiosa.

O povo de Israel foi levado para lá como escravo pelo rei Nabucodonosor. A Bibilônia era um dos maiores impérios da antiguidade, parecia que nunca seria destruída, pois era difícil de ser conquistada pelos inimigos. No entanto, a Babilônia caiu. Hoje, o que há lá é uma cidade submersa por areia.

O Evangelho fala sobre Jerusalém, destruída 17 vezes e reconstruída 18. Essas cidades foram, aos poucos, conduzidas ao mal. Ali, foi entrando tudo o que não presta, tudo o que era contrário à vontade de Deus. Por isso, a infidelidade de um povo levou a cidade à destruição.

O apóstolo Paulo nos traz uma novidade na carta aos Coríntios. Ele diz que somos a morada de Deus, pois o Senhor quis habitar em nós pelo Seu Espírito. Mas se não nos deixarmos habitar por Ele, poderemos ser destruídos. A Igreja sou eu, a Igreja é você. Veja o que o apóstolo diz: “Acaso ignorais que sois templo do Espírito Santo? E que não pertenceis a vós mesmos? De fato, fostes comprado por um preço muito alto. Glorificai a Deus com o vosso corpo”. Fomos feitos para glorificar o Senhor.

Antes da vinda de Cristo, a Igreja deverá passar por uma prova final, que abalará a fé de numerosos crentes (639). A perseguição, que acompanha a sua peregrinação na Terra (640), porá a descoberto o «mistério da iniquidade», sob a forma duma impostura religiosa, que trará aos homens uma solução aparente para os seus problemas, à custa da apostasia da verdade. A suprema impostura religiosa é a do anticristo, isto é, dum pseudo-messianismo em que o homem se glorifica a si mesmo, substituindo-se a Deus e ao Messias Encarnado (641).

Durante a Santa Missa padre Edimilson exortou aos católicos a viverem como casa de Deus -  Foto: Daniel Mafra

Durante a Santa Missa padre Edimilson exortou aos católicos a viverem como casa de Deus – Foto: Daniel Mafra

Ainda não passou, mas já está abalando a fé de numerosos crentes. Veja quantos têm debandado, quantos têm saído! Em sua família, quantas pessoas não praticam mais a religião que você pratica? Porém, a Igreja de Jesus Cristo precisa se manter firme para sustentar a fé.

Que caia tudo o que não permite que você espere o Senhor, como a noiva que espera pelo seu noivo. Jesus pode vir a qualquer momento; precisamos começar a orar, pedir que Ele volte logo. Estamos abalados com muitas coisas que vemos por aí.

A capela que você respeita tanto é tão sagrada quanto seu corpo; este, é casa de Deus, santuário habitado pelo Espírito Santo.

“Acaso ignorais que o vosso corpo é templo do Espírito Santo?” Cuide desta habitação de Deus que é você, porque o Senhor virá e, segundo São Paulo, retribuirá a cada um conforme o seu proceder. E essa morada precisa ser tratada com respeito. Se vivermos no pecado, seremos destruídos. Em todo nosso proceder precisamos agradar ao Senhor.

É dificil fazer o bem? Claro que não! Mas também é fácil fazer o mal. Nós não podemos ser como os pagãos, porque fizemos uma opção pelo Reino de Cristo que será instalado no meio de nós.

No mundo em que vivemos, ninguém está isento de traição, nem mesmo velhinhos e velhinhas que se traem. Mas nós não podemos fazer parte desta geração, não podemos ser colocados expostos de qualquer jeito. Estão chegando ao ápice da loucura.

Quando os filhos de Deus se levantarem e mostrarem a quem pertencem, a Babilônia vai cair.

Todos os atrativos da Babilônia antiga são visíveis em nosso mundo atual, mas não somos filhos dela; somos filhos da nova Jerusalém do alto. Nós não somos filhos da prostituição, mas filhos da mulher por excelência, a Virgem Maria.

“Não sabeis vós que os vossos corpos são membros de Cristo? Tomarei, pois, os membros de Cristo e os farei membros de uma meretriz? Não, por certo. Ou não sabeis que o que se ajunta com a meretriz faz-se um corpo com ela? Porque serão, disse, dois numa só carne. Mas o que se ajunta com o Senhor é um mesmo espírito.” (1 Coríntios 6,15-17) . Se Deus, hoje, fosse admirar você, Ele teria coragem de parar para fazer isso? Deus teria prazer em admirar você?

Da sua boca ainda sai palavrão? Se a sua resposta for ‘sim’, você precisa fazer um ato de reparação ainda hoje. Não comporta você, como filho de Deus, fazer isso.

Por que o ato sexual entre o casal não é uma ofensa a Deus? Porque o ato, dentro do matrimônio, é glorifica a Deus; já o ato fora do matrimônio é uma exaltação do diabo. Então, glorifique a Deus com o seu corpo, porque você foi comprado com preço muito caro. É por essa via que precisamos andar, porque o Senhor há de vir para julgar os vivos e os mortos. E quando Ele vier, precisará nos encontrar como uma noiva bem preparada, à espera de seu Noivo. Amados, este lugar existe, é o céu. Volte a olhar para o céu, pois lá está a sua esperança!


Padre Edimilson Lopes


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo