Vida nova no Espírito

João Claudio Rufino
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Para ter uma vida nova em Deus é preciso estar preparado para viver o novo

O livro de Ezequiel foi escrito num período no qual a nação de Israel passava por um momento difícil, um momento de guerra e exílio, restando, na Terra, apenas um resto da população. Esse é um momento de crise de fé! O povo, descendente de Abraão, que recebera de Deus a promessa da terra, que tinha o templo de Deus, que era o povo de Deus, naquele momento parecia ter perdido tudo.

Neste momento de dificuldade, muitos livros foram escritos. Como exemplo temos o livro de lamentações, muitos salmos, cânticos de choro e lamento, principalmente livros proféticos, como o livro de Jeremias. Nesse momento de crise, Deus queria mostrar a Seu povo que, na crise, verdadeiramente vive-se a fé na providência de Deus.

O projeto de Deus para a nação de Israel, assim como para nossa vida, não é um projeto de passado, mas de futuro! Não podemos viver de saudosismo, Deus quer colocar em nossos corações uma perspectiva de um futuro glorioso com Ele. Temos sempre de nos lembrar que aquilo que passou foi bom, mas o melhor ainda está por vir.

Para que possamos viver o melhor de Deus, precisamos olhar para nossa própria vida e fazer uma autoanálise sincera. Perceber nosso real estado diante da presença d’Ele, se temos vida ou somos apenas ossos secos. Mas como sabemos disso? Analisando como é nossa vida com Ele, temos nos aberto à Palavra de Deus? Temos orado diante d’Ele e buscado uma conversão constante?

Viver a palavra, viver a vontade do Senhor é a única forma de ter vida, e a palavra se vive no relacionamento com o próximo! Olhar para o âmbito social, orar, meditar na Palavra e praticá-la no dia a dia é o único caminho para que vivamos a Palavra e assim poderemos verdadeiramente viver o novo de Deus.

Leia também: 
Quando somos vulneráveis ao mal
Fim dos tempos

Transcrito e adaptado por Jonatas Passos

 


João Claudio Rufino


Coordenador diocesano do Ministério da Pregação RCC

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo