Jesus Cristo já venceu os traumas por você

 

Que bom estar aqui nesta tarde. Quando falamos em cura de traumas, falamos de cura porque existe algo que está machucado. Todos aqui já passaram por algum trauma. Quando estávamos na barriga de nossas mães estávamos bem, mas logo que nascemos, tivemos que lutar para nos mantermos vivos. Tivemos que aprender a andar mesmo em meio às quedas e, hoje temos que aprender a caminhar também em meio as quedas. É no início de nossa vida que começamos a tomar as nossas decisões e é aí que está a necessidade dos pais mostrarem aos filhos que é Deus quem cuida de sua família, que cuida de tudo. O mundo tenta mostrar que Deus não existe, e os pais precisam mostrar o contrário. Pai e mãe não sejam trauma para o seu filho. Precisamos assumir Deus em nossas vidas e levar o abraço de Deus para a criança que está aprendendo o que é a vida, seja a mão de Deus, porque se você não for isso o inimigo de Deus tentará destruí-los.

Nós não podemos deixar que nossas crianças sigam a enxurrada.

Que a nossa escolha seja ser cura, instrumentos de Deus para os outros. Minha família tem suas alegrias e também suas tristezas. Eu busquei em uma outra igreja aquilo que estava me perturbando, porque eu estava colocando minha confiança nas pessoas e não em Deus. Então chegou um tempo em que eu perguntava: “onde está Deus?”. Todos nós somos limitados, podemos gerar traumas nas pessoas e as pessoas em nós. Quando colocamos a confiança nas pessoas, vamos ficando traumatizados e criamos rejeição.

Eu quero ser sacerdote, um sacerdote santo! Quantos pais de famílias que mantém a pedofilia, e tantos jovens com medo de ser pai por causa de traumas. Pelo contrário, seja um pai de família santo. Eu conheço sacerdotes santos, e não vou ter medo do que a mídia fala a respeito do mal dos sacerdotes, pois penso que são os exemplos bons que temos que procurar.

Estamos diante de situações do mundo que vão sendo apresentadas a nós. E como você vê isso? A mídia eleva uma pessoa rapidamente e em segundos acaba com a vida dessa mesma pessoa. Quantas pessoas que eram conhecidas por causa da mídia e em segundos tiveram suas imagens destruídas? É necessário estar atento e verificar como estão passando as mensagens para você.

Quando pensamos em casamento, pensamos nas pessoas conforme a nossa vontade, do jeito que queremos, com a “cabeça” que queremos, e sendo assim, só encontramos frustração. Quando colocamos a confiança em Deus, então encontramos a pessoa certa e não a que queremos.

Nós idealizamos uma vida, um trabalho, uma pessoa para nós, mas isso muitas vezes é frustrante, pois não colocamos a confiança em Deus e não buscamos fazer a Sua vontade.

Quantas pessoas não são felizes porque colocaram sua felicidade nas coisas e não em Deus? Nós estamos num mundo em que se não fizermos nossa parte em meio a sociedade, vamos viver cheios de traumas. A chuva cai na cabeça de todos, sejam maus ou bons. Deus ama a todos. Quando colocamos nossa confiança em Deus, nosso olhar não se torna mais um olhar humano, mas um olhar divino.

Temos que pensar que aqui não é o nosso lugar, estamos de passagem, nosso lugar é o céu. Muitas vezes temos muitos traumas e acabamos alimentando-os. Muitas coisas nós decidimos em nossas vidas. Porque não decidir em não ter um trauma? Só no Espírito Santo de Deus vamos conseguir vencê-los.

Você deve entrar na guerra acreditando que vai vencer. Jesus Cristo já venceu por você. Ele já venceu o seu trauma.

A própria morte não deve ser enfrentada com medo, pois Jesus já venceu a morte. Muitas pessoas buscar adivinhos, espiritismo, e outras pessoas que evocam os mortos para falar com seus parentes que já morreram, mas eu quero dizer: é na Eucaristia que você vai encontrar com essas pessoas que já partiram. Busque a Eucaristia!

Transcrição: Manoela Almeida
Fotos: Natalino Ueda
Áudio: Fernando Fantini

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo