Sede bondosos, compassivos e perdoai

Padre Léo

“Antes, sede uns com os outros bondosos e compassivos, perdoai-vos uns aos outros como igual Deus o perdoou em Cristo”

O que fazer para desenterrar a amargura, a calúnia e tantas coisas que carregamos no coração? “Antes, sede uns com os outros bondosos e compassivos, perdoai-vos uns aos outros como igual Deus o perdoou em Cristo” (Efésios 4, 32). Deus nos fala da cura dos traumas, Jesus acolhe você do jeito que você é. Temos um único caminho para a cura dos traumas que está nesta Palavra.

 

Têm pessoas que são pessimistas e que só reclamam. Primeiro Deus disse: “Sede bondosos”, bondade é uma decisão interior que eu me coloco no local do outro. O maior ato de bondade foi a entrega de Jesus na Cruz, Ele pediu ao Pai, “perdoai-os porque eles não sabem o que faz”.

Por isso, Ele é o mesmo ontem, hoje e sempre. Quando acolhemos Jesus na Eucaristia Ele nos acolhe. Cura dos traumas da morte, não é só da morte física, mas, muitos de nós, nos encontramos mortos interiormente.

Precisamos deixar que Deus nos cure

Quantas pessoas vivem num inferno interior, só pensando em maldade, que tudo vai dar errado. Para ir para o inferno tem que primeiro viver ele dentro do seu coração e, muitos, infelizmente vive assim.

Jesus desceu na mansão dos mortos e Ele quer descer os “infernos” dentro do nosso coração. Quantos carregam mortos dentro do coração? Precisamos deixar que Deus entre e nos cure, Ele venceu a morte e todos os que morreram nele ressuscitarão.

Ser compassivo é caminhar com o outro. Perdão não é justiça e a única palavra que lava a alma é o perdão. A vingança parece justiça e, aparentemente, um analgésico para você, mas saiba que é um ‘barato’ que sai caro. Pois, muitos vão para o inferno por causa de traumas, porque Deus não pode perdoar uma pessoa que não se perdoa.

O perdão beneficia quem o dá, é uma pomada que cura quem foi ofendido

Para perdoar uma pessoa não precisa ser pessoalmente, muitos já morreram, ou você nunca mais viu. Mesmo que o outro não queira falar com você, perdoe! Pois o perdão não depende do outro. O perdão beneficia quem o dá, é uma pomada que cura quem foi ofendido.

O perdão, primeiramente, cura a mim, muitas vezes o outro nem sabe que me machucou. A pessoa não merece ser perdoado? Perdoa! Por que você não precisa continuar sua vida com essa ferida interior. O perdão é um imperativo seu, ele precisa mais da vontade, razão do que sentimento é uma decisão “eu decido perdoar”.

Para ter esse ato é necessário ser bondoso e compassivo, se coloque no lugar do outro. Quem ama não critica o outro, não fale mal de seu marido de sua esposa. Mãe e pai não critiquem seu filho ele vai guardando traumas. Ensine seu filho a fazer o certo e não dizendo a ele que não presta porque fez algo errado. Crítica zero! Jesus disse “Pai perdoai-os eles não sabem o que fazem”.

 

Transcrição e Adaptação: Manoela Almeida

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo