Como superar as tentações

Vamos ler Mateus 26, 36-46, que fala da angústia suprema de Jesus:

“Retirou-se Jesus com eles para um lugar chamado Getsêmani e disse-lhes: Assentai-vos aqui, enquanto eu vou ali orar. E, tomando consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu, começou a entristecer-se e a angustiar-se. Disse-lhes, então: Minha alma está triste até a morte. Ficai aqui e vigiai comigo. Adiantou-se um pouco e, prostrando-se com a face por terra, assim rezou: Meu Pai, se é possível, afasta de mim este cálice! Todavia não se faça o que eu quero, mas sim o que tu queres. Foi ter então com os discípulos e os encontrou dormindo. E disse a Pedro: Então não pudestes vigiar uma hora comigo… Vigiai e orai para que não entreis em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca. Afastou-se pela segunda vez e orou, dizendo: Meu Pai, se não é possível que este cálice passe sem que eu o beba, faça-se a tua vontade! Voltou ainda e os encontrou novamente dormindo, porque seus olhos estavam pesados. Deixou-os e foi orar pela terceira vez, dizendo as mesmas palavras. Voltou então para os seus discípulos e disse-lhes: Dormi agora e repousai! Chegou a hora: o Filho do Homem vai ser entregue nas mãos dos pecadores… Levantai-vos, vamos! Aquele que me trai está perto daqui”.

Como superar as tentações

Eugênio Jorge prega no “Acampamento de Carnaval” da Canção Nova – Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

 Esta é uma passagem muito poderosa e intensa. Jesus já havia sido tentado por satanás no deserto, mas, nesse momento que antecede a Sua entrega, Ele passa pela tentação insuportável para nós, homens comuns. Uma tentação tão forte que fez com que Ele suasse sangue. O diabo O tentava para fazê-Lo desobedecer e desagradar a Deus. O inimigo quer nos convencer de que vale a pena desobedecer a Deus, desonrar a Deus. Esta é a tentação.

Tudo de mau que fazemos se traduz em uma palavra: desobediência. O inimigo é desobediente desde o princípio, e quer fazer o mesmo conosco. Ele rasteja no pó deste mundo e quer que vivamos rastejando também; enquanto Deus quer nos dar asas de águias.

contribuicaocnO maligno é insistente, ele sempre vai nos tentar até conseguir alcançar seu objetivo: a nossa ruína. A nossa ruína é ficar longe de Deus, pois, uma vez que desobedecemos a Deus, começamos a nos afastar d’Ele, até que nos tornamos pessoas sem fé. Contudo, o inimigo de Deus pode ser vencido e superado pela obediência.

O que Deus fala com você nesta tarde? O que Deus fala ao seu coração? Vença o inimigo pela obediência. Vamos vencer as tentações do maligno com Cristo Jesus, por Cristo Jesus e em Cristo Jesus! Assim seja.

A tentação nos faz sofrer. Jesus, encarnado, sente o peso da tentação, a angústia de ser tentado. Talvez hoje você esteja sofrendo e não consiga nem dormir por causa de sua fraqueza, e esteja angustiado, como Jesus ficou. Não se desepere, há uma esperança: confiar em Deus, ficar com Jesus e jamais se afastar d’Ele.

Como superar as tentações

Fiéis participam atentamente da pregação de Eugênio Jorge – Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Jesus pede a três amigos que vigiem com Ele em oração, mas eles não conseguiram fazer isso e dormiram. Quando o Senhor pediu que esses homens vigiassem e orassem, eles dormiram, naquele momento caíram em desobediência e não viram o sofrimento de Jesus.

Jesus descobriu que a carne é fraca, Ele falou que o Espírito d’Ele estava pronto, mas Ele sabia que a carne era fraca. Por isso Ele liberou os discípulos ao ver que eles não conseguiram vigiar com Ele. E lhes disse: “Levantai-vos, vamos! Aquele que me trai está perto daqui”. (Mateus 26,46). Jesus não diz: “aquele que me traiu”, mas diz isso no presente: “aquele que me trai”. Quem são os que traem Jesus hoje? Sou eu, você. Por isso devemos vigiar e orar.

Deus estabelece um limite para a tentação, pois Ele sabe que, muitas vezes, não seremos capazes de suportá-la, Ele faz isso por nós. Você pode dizer: “Por que Deus não nos livra de vez da tentação?” Ah! Como seria bom se tivesse a ausência do diabo no mundo! Se já somos frouxos com a presença do adversário, imagine sem oposição? Precisamos de oposição para nos fortalecer. Deus permite a tentação para o fazer forte, porque, senão, você ficaria rastejando.

Deus nos permite passar por provas para tomarmos posse das armas espirituais e lutarmos não para perder, mas para vencer. Deus nos ama e Ele é fiel. A vontade de Deus é que não pequemos nunca; mas se pecarmos, o Senhor é fiel e justo para nos perdoar e purificar.

Eu creio que a grande força para que vençamos o inimigo é o amor. O caminho é o amor. O amor a Deus e o amor aos irmãos. E nós amamos a Deus O conhecendo. Se vocês querem vencer o inimigo, abracem a Palavra de Deus, façam-na entrar em seu coração, tragam-na para sua vida. Tomem posse da Palavra de Deus e peçam que o Senhor a imprima em seu coração.

Transcrição e adaptação: Willieny Casagrande

Adquira esta pregação pelo
telefone (12) 3186-2600


Eugênio Jorge


Músico e pregador da Missão Mensagem Brasil

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo