PHN

O Senhor nos fere, mas nos cura

O_Senhor_nos_fere_mas_nos_cura

Padre Fábio de Melo. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Deus transforma os nossos corações, no cura, quando paramos para ouvi-lo

A vida daqueles que serviram a Deus na história da Igreja, mostra que eles também foram feridos. Eu tenho certeza de que esta nação PHN é uma nação de gente ferida, de gente machucada e isso é um processo natural, pois desde o momento da gestação, você nasceu sendo expulso do ventre. Havia chegado a sua hora e a sabedoria da carne se manifestou naquele momento. A sua mãe não poderia te manter mais ali. Foi um sofrimento para você.

A psicologia nos ensina que nós já nascemos em meio ao sofrimento, fomos expulsos de um lugar onde estávamos confortáveis. Só Deus sabe os muitos sofrimentos que você passou na vida.

O Senhor fere, mas nos cura e Ele não perde a oportunidade de nos curar, nos enfaixar, nos proteger. Quantos sofrimentos você já passou e precisou passar para ser o que é hoje?

Quando eu olho para uma pessoa eu me pergunto: quantas pessoas “cabem” dentro dela? Você traz em si, no seu inconsciente, muitas histórias, muitas pessoas em seu coração. Desde que você foi expulso do ventre da sua mãe viveu muitas histórias: com seus amigos, com as pessoas com quem conviveu.

A nossa identidade não fica clara da noite para o dia. Você não acorda sabendo o que vai ser e o que vai dar certo. Levamos um tempo para descobrir quem somos e a pergunta mais cruel que podemos enfrentar em nossas vidas é esta: “Quem sou eu?”

Se você tivesse insistido em ficar dentro do ventre de sua mãe, teria morrido horas depois. Não nascemos para ficar acomodados. É maravilhoso olhar para sua mãe e ver que você veio dela, seus ossos não vieram por acaso.

O médico de minha mãe me disse que quando ela quebrou um dos ossos foi porque seus ossos estavam fracos devido aos oito filhos que teve. Naquela época não sabíamos que precisava fazer reposição de cálcio e ela foi enfraquecendo. Se hoje eu tenho ossos firmes, foi porque veio dela, eu a enfraqueci, minha mãe me doou ossos, sangue, carne.

Você não é alguém por acaso, sua identidade está intimamente ligada a alguém que sofreu por você. Pergunte a sua mãe os sofrimentos que ela precisou passar para ter você, para te criar. A nossa identidade está ligada ao sofrimento dos outros.

Quantos sofrimentos nós vivemos no tempo de escola, bullying… Mas você teve de enfrentar, pois se não enfrentássemos outras pessoas iriam prevalecer sobre nós. E assim você foi construindo sua história e eu não tenho ideia do que você teve de enfrentar para ser você mesmo. Mas estou aqui como Padre, para lhe dar o sustento que você precisa para ser aquilo que você é, para que você tenha o direto de olhar para sua história e continuar lutando.

O trabalho de Deus em nossa vida é diário, para que a gente nasça na hora certa, para que a gente sofra na hora certa. Nada pode ser mais perigoso para o ser humano do que esquecer de quem ele realmente é, pois se isso acontecer outras pessoas vão se sentir no direito de fazer da sua vida o que elas pretendem.

Jacó roubou a benção de Esaú. Muitas vezes você se desprendeu de você, por causa do pecado, por causa dos crimes que deixou que cometessem contra você, por causa da droga. E como é difícil sair da droga, porque ela trabalha na nossa mente e não tem nada pior do que alojar o inimigo no seu cérebro, pois ele passa a viver dentro de você, escondido na sua carne e você não consegue olhar para ele.

Paulo tinha ódio dos cristãos e somente depois de ficar cego é que teve condições de olhar para a própria vida, de ver os erros que cometia e que já tinha se acostumado a cometer. Quem aqui já se acostumou com os erros que comete? É porque o nosso sistema mental passou a trabalhar a partir dos erros. Você fica como um viciado que não consegue mais se decidir. As clínicas de drogados sabem disso, precisam arrancar do coração, da mente todas as raízes que amarram a pessoa na droga.

O_Senhornosferemasnoscura

“Os melhores amigos que você pode ter na vida são aqueles que te fazem amigo de Jesus”, disse padre Fábio. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

.: Veja mais fotos

Talvez não seja a droga, pode ser um namorado, alguém que não presta e você não consegue largar… Você fica viciado num amor estragado e que nem é amor mais, pior que a cocaína na sua vida, faz você de gato e sapato. Arrancar do coração um amor doentio dá tanto trabalho quanto sair das drogas. Você fica viciado em um monte de coisas e fica distante da própria identidade porque só os livres se possuem.

Aquele que não segura as rédeas da própria vida morre antes da hora. Você não precisa voltar ao ventre da sua mãe como pensou Nicodemos. Nascer de novo é romper com tudo aquilo que nos paralisa, tudo aquilo que nos impede de enxergar a nós mesmos.

Fico pensando na satisfação que Jesus tem de saber que você está aqui, um manco como Jacó, pois você não é perfeito, tem muitos defeitos, mas o importante é que você está aqui. Ninguém aqui quer saber do seu passado. Aqui não trabalhamos com preconceito, é você do seu jeito, com seus pecados, com a sua história, é Deus que quer transformar.

Deus sabe muito bem que você veio pela metade, não precisa fingir! Os que vieram pela metade são bem-vindos como aqueles que vieram por inteiro. Não importa que dentro da sua mochila existam tantas coisas escondidas que você teria vergonha de mostrar aos outros, não importa! É você, com esta mochila, que Deus quer, para que você se torne o ser humano que você deve ser.

Você já é o filho que você poderia ser, a mãe que você poderia ser, o irmão, o amigo? E a sua identidade? Quem é você? Você está vivendo as suas possibilidades ou os seus vícios? “Ergue-te pois, Deus te fez um vencedor”!

O Evangelho é isto minha gente, a pregação de um discurso amoroso, de um Deus que nos convida a abrir nosso guarda-roupa e arrancar dele tudo o que nos escraviza.

Nada pode doer mais no coração dos pais do que ver os filhos escolherem ambientes que só lhes destroem. A nossa juventude está morrendo antes da hora porque não tem poder de decisão. Quantas vezes você soube que aquela decisão te prejudicaria e você deu um passo a favor dela. Não se pode andar numa estrada onde não se sabe aonde chega.

Quem muito se acha pouco se encontra. Eu queria ter o dom de quebrar as aparências, de reconhecer nesta multidão hoje quem são os mais indignos, os que mais sofrem com as escolhas erradas, para poder fazer com vocês o mesmo que Jesus fez, de entrar nesta multidão e encontrar aqueles que precisam ser encontrados e é lá que precisamos chegar; não com discursos moralistas, mas com nosso amor fraterno. Chegar naqueles que vieram a este PHN, com suas mochilas antigas, porque só Deus sabe que os erros que você cometeu foi porque faltaram estruturas humanas que te sustentassem naquela hora.

Não se engane, os melhores amigos que você tem na vida são aqueles que te aproximam de Jesus, para que Ele assopre nos seus ouvidos, no seu nariz um tempo novo, uma vida nova. Abra os olhos, abra os ouvidos para perceber os amigos que podem te fazer bem nesta vida, perceber quem são as pessoas que podem te fazer um homem, uma mulher vitoriosa, porque é isto que Deus quer. Deus te ama, Ele troca reinos por ti, Ele quer te dar a vitória.

Transcrição e adaptação: Samuel Ferreira

contribuicaocn

 


Padre Fábio de Melo


Sacerdote da Diocese de Taubaté – SP

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo