Como retomar a vida de oração?

A perseverança é fundamental na vida de oração de todo cristão

Padre Bruno Costa

Padre Bruno Costa
Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Para uma vida de oração, a administração é fundamental, e a administração, no Reino dos Céus, é diferente do plano terreno. 

Temos de ter um pouco mais de consciência e cada um deve fazer a sua parte, pois sabemos quais são nossas necessidades pessoais de mudanças. Precisamos ter a certeza de que existe poder na oração feita com o coração. 

O meu limite não é o seu, assim como o seu limite não é o mesmo que o meu. Entretanto, temos uma meta única: o Céu.

A vida eterna é a meta do cristão

O nosso objetivo é o Céu, por isso, como intercessores e combatentes, não podemos esmorecer. Nosso foco é Jesus e nossa meta é o Céu, mas, para alcançarmos a meta, a luta é diária. A batalha final sempre é mais exigente. Os tempos que estamos vivendo estão exigindo mais de nós.

A necessidade de uma vida nova

O verdadeiro combatente não pode “olhar para trás” e desistir. A meta do demônio é fazer com que nos afastemos de Deus, colocando incertezas em nosso coração e esfriando nossa vida de oração.

Precisamos nos aproximar, cada vez mais, de Deus e administrar nossa vida de oração com constância e consciência. O Senhor nos pede atitude, perseverança, fidelidade e desejo de vida eterna.

Uma vida de oração em Deus

A palavra que mais precisamos trabalhar, na nossa vida de oração, é a perseverança, pois ela é fundamental na vida de um combatente!

Não coloquemos metas grandiosas, comecemos aos poucos. Se formos fiéis no pouco, Deus nos confiará mais. Nós travamos, diariamente, uma luta entre o bem e o mal, e é por meio da oração que venceremos essa batalha.

Vamos orar para que as muralhas do medo, da fofoca, inveja e outros pecados sejam derrubadas.

Assista a um trecho da pregação:

Leia mais:

.: Perseverança e superação são os segredos dos fortes

.: Perseverança, segredo de uma caminhada em Deus

.: Sete passos para ser fiel na vida de oração

Transcrição e adaptação: Letícia Barbosa

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo