A musicalidade na Canção Nova

Monsenhor Jonas Abib
Foto: Arquivo/Cancaonova.com
A Comunidade Canção Nova tem a música como forte instrumento de evangelização, por isso, todos os anos, músicos de várias partes do Brasil se encontram na sede dessa obra de Deus para participar do "Acampamento para músicos", que nesta edição será realizado de 14 a 16 de fevereiro com o tema ''O homem novo canta um canto novo''.

Segundo o fundador da Comunidade Recado, Luiz Carvalho, este encontro anual promove o reavivamento do chamado que Deus fez aos ministérios de música para servirem na Igreja.

“Para que possamos sair deste encontro fortalecidos na fé e que cada vez mais dizer 'sim' a Deus e não darmos um fruto qualquer, mas frutos que permaneçam. E só de saber que o monsenhor Jonas Abib vai estar presente nesse encontro e que vai pregar para nós o meu coração se enche de esperança, porque sabemos que a Canção Nova é a casa do músico”, recorda Luiz, que também é ministro de música.

Monsenhor Jonas Abib, fundador da Comunidade Canção Nova, e o padre Zezinho, do Sagrado Coração de Jesus, foram os primeiros no país a se aprofundarem e a divulgarem profissionalmente a música da Igreja Católica. Por essa razão a Comunidade Canção Nova traz em seu carisma e na sua essência as raízes da música católica.

.: Canção Nova e a música

Emanuel Stênio, missionário da comunidade fundada pelo monsenhor Jonas, lembra que, pelo nome, já podemos identificar a missão de evangelização da Canção Nova com a música e os eventos de formação.

“Graças a Deus a CN também foi, e continua sendo, celeiro e referência para cantores, grupos, movimentos e comunidades. Sabemos da nossa responsabilidade diante da Igreja no Brasil e no mundo, e queremos continuar levando Jesus com a ajuda da canção, queremos continuar a ter essa fecunda relação com a música católica”, afirmou o jovem missionário.

"A música penetra em áreas do coração aonde as palavras não conseguem chegar", recorda  Emanuel Stênio
Foto: Arquivo/Cancaonova.com

.: Músicos novos para uma música nova

Emanuel faz parte do Ministério de Amor e Adoração da Canção Nova e afirma ser uma grande graça e responsabilidade fazer parte do núcleo de músicos dessa obra de Deus. Segundo o consagrado, monsenhor Jonas continua sendo referência em vários aspectos, inclusive na música, por essa razão, para ele, manter esta missão é uma tarefa árdua, mas, acima de tudo, bela.

“Aprendemos que a música penetra em áreas do coração aonde as palavras não conseguem chegar. Por isso a grande lição que o monsenhor nos deixa é de discernir qual a música certa para cada momento. Nunca esqueci uma frase em que ele diz: 'Não se bate em ferro frio, porque assim ele quebra. É preciso aquecer o ferro e aí podemos mexer como quisermos nele'. O ferro são as pessoas, o que bate é a Palavra de Deus exortando, educando, curando, e a música é o fogo que prepara o ferro para ser modificado. Essa é uma linda lição, dentre tantas, que o monsenhor nos ensinou”, testemunhou Emanuel.

Aqueles que foram agraciados por Deus com o dom musical precisam orar, aperfeiçoar-se constantemente e estar em união com a Igreja e os sacramentos, pois os músicos são chamados a evangelizar com a ajuda das canções.

“'Não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi'. O chamado, a escolha, parte de Deus, Ele distribui os dons como quiser. A nossa parte é contribuir com a graça. É nossa tarefa aperfeiçoar o  dom que recebemos e isso exige esforço. Não podemos apenas contar com a escolha de Deus, devemos corresponder a ela”, afirmou o missionário.

Organize seu ministério de música e venha participar deste momento de formação, encontro com Deus e restauração para os músicos na Canção Nova!

 
“Existem bons livros que nos formam. Recentemente o padre Zezinho e o padre Joãozinho lançaram um livro sobre o tema. Eu recomendo o livro do monsenhor Jonas 'Músicos em ordem de batalha'. É importante que busquemos formação nos livros, em encontros, como o nosso Acampamento para músicos, que neste ano acontecerá nos dias 14, 15 e 16 de fevereiro com o tema 'O homem novo canta o canto novo'. Podemos também nos valer de palestras dos outros acampamentos; e algo importantíssimo é a oração. É na oração individual e comunitária que o Senhor vai transformando o nosso coração, realizando a obra em nós, nos enchendo e permitindo que sejamos instrumentos eficazes nas Suas mãos”, recomendou Emanuel a todos os ministros de música.

Leia mais:

.: Padre Jonas na vida dos músicos católicos
.: Aprendi a cantar com o padre Jonas
.: Músicas que marcaram a Canção Nova
.: A música católica não é feita para fazer sucesso
.: Minha música, minha oração
.: Música de Deus

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo