Agradecimento do padre Marcio José

“Tudo o que quereis que os homens vos façam, fazei-o vos a eles, isto resume a lei e os profetas” (Mt 7,12).

Além das pessoas mencionadas por meus irmãos, das quais tenho uma profunda gratidão, quero louvar e agradecer a Deus por seu amor misericordioso que me alcançou.

Em meu coração muita gratidão por isso, quero agradecer a Deus, tudo isso é d’Ele e para Ele.

Obrigado Senhor pelo dom da vida, da vocação, obrigado por ter me chamado e me sustentado nesse tempo. Obrigado por tantas pessoas que contribuíram tanto materialmente (dizimistas das paróquias e sócios da Canção Nova) e principalmente espiritualmente com suas orações para que essa entrega se realizasse.

Obrigado Senhor, pela minha família, meus pais, minhas irmãs, meus parentes, pela Igreja, pela comunidade Canção Nova vida e aliança. Obrigado Senhor, pelo apoio e incentivo da paróquia Nossa Senhora de Lourdes, em São José dos Campos (SP), dos padres dehonianos e pela comunidade paroquial São Luíz Gonzaga, que me acolheu e me ensinou a ser Igreja, a ser doação. obrigado ao povo de São José e de tantas cidades que rezaram e acreditaram na obra do Senhor em minha vida.

Louvado seja o Senhor por este tempo de formação e por cada formador que ‘bem ao ritmo da vida’ (Monsenhor Jonas) me provocou a ser de Deus, tanto em Cachoeira Paulista (SP), quanto em Palmas (TO).

Agradeço ao Senhor por este tempo de diaconato vivido na Paróquia santuário Nossa Senhora de Fátima em Palmas, pela vivência em comunidade, pelas partilhas, pela confiança dos padres estigmatinos.

Quero ser um sacerdote do Senhor e para o Senhor naqueles necessitados. Senhor, ajuda-me, a ser doação, a ser servidor do teu Evangelho. Amém.

Padre Márcio José do Prado

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo