Agradecimento do padre Marcos Roberto

"Já não sou eu que vivo, mas é Cristo que vive em mim" (Gl 2,20).

Quero agradecer a Deus, autor de minha vida e minha vocação, pelo chamado, pela escolha, pelo amor que sempre tem para comigo.

À minha querida família: Meu pai, minha mãe, irmãos, minha avó, minha cunhada e sobrinhos pelo cuidado, carinho e amor, pelas lágrimas, pelas dores, alegrias, incentivos, pela doação de vida por mim.

Agradeço todos os parentes, tios, tias, primos e primas, amigos e amigas do coração, que estão aqui ou em casa, que sempre rezaram por mim e me ajudaram no caminho vocacional. Também a minha Paróquia Nossa Senhora da Escada e São Benedito, de Guararema (SP), aos meus amigos padres: padre Roberto (in memorian); padre Geraldo e padre Adalberto e a todos os paroquianos que aqui se encontram.

Quero agradecer a minha família espiritual: Dom Alberto, meu Bispo, pai e pastor; homem da unidade, expressão da Igreja que acolhe, acredita e envia. Pelo incentivo, atendimentos, alegria e presença em minha vida. Sempre com uma palavra de ânimo, de coragem… Muito obrigado pela sua presença especial na minha vida, pela confiança!

Ao monsenhor Jonas e todo seu ministério sacerdotal pelo exemplo de homem de Deus, profeta, dedicado e apaixonado por Jesus, pela Igreja, pela Missão.

Agradeço ao Eto, a Luzia, a toda comunidade Canção Nova, minha turma de noviciado, a todos os irmãos e irmãs no Carisma Canção Nova, pelo amor, pela presença, por esta Obra de Deus onde o Senhor me plantou para produzir frutos de conversão e de salvação.

Agradeço aos amigos e professores do seminário de Filosofia e Teologia que durante tantos anos estivemos juntos e construímos uma amizade eterna em Deus; aos amigos e amigas da cidade de Palmas (TO), a Paróquia que trabalhei, ao padre Ferdinando e todos os paroquianos que me acolheram com carinho e amor.

Agradeço aos sócios dessa Obra, benfeitores, ao povo de Deus, que com suas orações, lágrimas, contribuições, esperança, alegrias, ajudam essa Obra de Deus a caminhar. Meu muito obrigado! Deus abençoe!

Padre Marcos Roberto Pereira

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo