Bloco "Carna Cristo" agita peregrinos na Canção Nova

O som é empolgante; atrai os olhares por onde passa, faz a galera se mexer e… diria que é quase impossível não ir atrás das dezenas de repiques, surdos e tamborins. Não, não é um Trio Elétrico e muito menos uma Escola de Samba, trata-se do bloco “Carna Cristo” que neste domingo, 10, começou a animação dos intervalos do Acampamento de Carnaval 2013 que acontece dos dias 8 a 13 de Fevereiro, na Comunidade Canção Nova, em Cachoeira Paulista, SP.

Bloco "Carna Cristo" agita o Carnaval da Canção Nova
Foto: Daniel Machado/CN

O bloco, proveniente do município de Guarulhos, SP, já anima pela segunda vez o Carnaval da Canção Nova. Uma iniciativa apoiada e incentivada pelos peregrinos, que não pararam de cantar e louvar a Deus ao som do bloco.

Padre Fabrício Bezerra
Foto: Daniel Machado/CN

Segundo Padre Fabrício Bezerra, da diocese de Guarulhos, que acompanha o bloco desde seu início, a iniciativa de levar uma proposta cristã com a bateria do bloco surgiu a 5 anos e tem como principal objetivo apresentar ao publico, sobretudo os jovens, que é possível curtir um rítimo próprio da cultura brasileira de forma saudável. “Nós queremos mostrar uma alegria que não acaba depois de quatro dias de Carnaval porque celebramos o Cristo todos os dias”, disse o sacerdote.

Por se tratar de um elemento que recorda eventos seculares do Carnaval, perguntamos ao padre se o bloco é bem aceito. O sacerdote explica que sempre existiu e vai existir pontos diferentes, mas que o bloco é bem aceito por onde passa. “Logo de cara a juventude aceita e segue o bloco que toca 100% de musicas cristãs. Às vezes, lá no nosso condomínio, alguns adultos reclamam um pouquinho, mas nada além disso”, brinca padre Fabrício.

O grupo, que utiliza este elemento da cultura brasileira para evangelizar, veio pela segunda vez à Canção Nova com cerca de 50 integrantes. “Carna Cristo” vem sendo chamado para apresentações em vários lugares, sobretudo nesta época de Carnaval, sempre difundindo a alegria de louvar a Deus.

Veja o vídeo abaixo

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo