Curados no Senhor

"Todos nós carregamos sinais herdados da família e das mais diversas situações vividas desde a concepção. Muitas vezes, pensa-se que uma criança que vê e ouve tudo, não guarda nada disso. Mas, a verdade é bem outra. Somos uma espécie de "esponja", pois retemos no consciente, no inconsciente e também no subconsciente tudo o que vivemos: coisas boas e ruins. Ao longo da vida, precisamos administrar, enfrentar e vencer as dificuldades e as barreiras. Toda luta só tem bom êxito quando é realizada na graça de Deus e na fé inabalável no Seu Poder.

Muitos medos, que temos hoje, têm sua origem em traumas e complexos da nossa infância. A timidez, a falta de iniciativa, a dificuldade para decidir com rapidez coisas importantes e tantas outras dificuldades por que passamos estão ligadas à nossa história, tanto familiar como pessoal.

Muitas vezes, as pessoas com a boa intenção de nos ajudar acabam fazendo o contrário. Pois, quem tenta resolver tudo para nós ou por nós, pensa que está nos ajudando; mas, no fundo, está adiando nossa cura e libertação. As pessoas podem e precisam nos ajudar. E nós precisamos de ajuda. Porém, há certas coisas que somente nós mesmos podemos fazer.

Uma coisa é certa: Toda doença afetiva ou psicológica tem cura. No Senhor, encontramos a cura profunda daquilo que nos tem feito sofrer tanto. Mas, nós precisamos dar alguns passos. Por exemplo, de tempos em tempos, faz bem "mergulharmos" em nossas lembranças e identificarmos as situações e as pessoas que nos fizeram passar por alguma humilhação ou vergonha. É preciso perdoá-las de coração e tirar alguma lição para o nosso hoje. Diante do Senhor, podemos descobrir como somos amados por Ele e como Ele nos dá forças para continuarmos caminhando com passos firmes e seguros.

Pelos Sacramentos, sobretudo pela Confissão e pela Eucaristia, pela meditação da Palavra de Deus e pela oração, que é um diálogo com Deus, podemos buscar e encontrar no Senhor a cura de todas as nossas doenças!

O importante é nunca nos darmos por vencidos. Somos o povo de Deus, somos o povo da vitória! As dores e as angústias, às vezes, se transformam em grandes provações; mas, jamais poderão ser maiores que a nossa confiança no Altíssimo. O Senhor prometeu e Ele cumpre, ou seja, Ele está sempre próximo de nós, capacitando-nos e fortalecendo-nos nas batalhas da vida. O amor cura a dor!"

Padre Silvio Andrei

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo