Entenda as funções da Paixão do Senhor

Hoje não se celebra a missa em todo o mundo. O altar é iluminado sem mantel, sem cruz, sem velas nem adornos. Recordamos a morte de Jesus. Os ministros se prostram no chão frente ao altar no começo da cerimônia. São a imagem da humanidade rebaixada e oprimida, e ao mesmo tempo penitente que implora perdão por seus pecados. Vão vestidos de vermelho, a cor dos mártires: de Jesus, o primeiro testemunho do amor do Pai e de todos aqueles que, como ele, deram e continuam dando sua vida para proclamar a libertação que Deus nos oferece.

Ao se levantar, o presidente se dirigi à cadeira presidencial donde faz a Oração da Coleta. Em seguida a Liturgia da Palavra seguindo primeira leitura, salmo, segunda leitura e leitura do Evangelho da Paixão do Senhor. Faz-se a homilia e um silêncio de reflexão

Oração Universal, mais longa e solene do que a da missa, seguindo o esquema intenção – silêncio – oração do presidente. Como sugere o nome, esta é uma oração de intercessão universal. Reza-se pela Pela Santa Igreja, Pelo Papa, Por todas as ordens e categorias de fiéis, Pelos Catecúmenos, Pela unidade dos Cristãos, Pelos Judeus, Pelos que não crêem no Cristo, Pelos que não crêem em Deus, Pelos Poderes Públicos, Por todos os que sofrem provações.

Adoração da Cruz:

Há um ato simbólico muito expressivo e próprio deste dia: a veneração da Santa Cruz, onde é apresentada solenemente a Cruz à comunidade, cantando três vezes a aclamação:

"Eis o lenho da Cruz, onde esteve pregada a salvação do mundo. Ó VINDE ADOREMOS", e todos ajoelhados uns instantes de cada vez, e então vamos, em procissão, venerar a Cruz pessoalmente, com um genuflexão (ou inclinação profunda) e um beijo (ou tocando-a com a mão e fazendo o sinal da cruz ); enquanto cantamos os louvores ao Cristo na Cruz

Logo após a Adoração da Cruz, estende-se a toalha do altar e sobre ela um corporal para depositar as espécies eucarísticas consagradas no dia anterior. Reza-se a oração do Pai Nosso e segue a comunhão dos fiéis presentes.

A celebração termina com oração depois da comunhão. O cibório com as espécies eucarísticas retornam para a capela. O presidente junto com os ministros deixam o presbitério em silêncio

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo