Eu faço parte dos 30 anos da Canção Nova, testemunha Walmir Alencar

Walmir Alencar
Foto: Nataino Uêda

Ouça

A Canção Nova para minha vida é – e hoje posso dizer com toda certeza em público – muito mais do que aquilo que eu esperava. Com o tempo, vamos tendo nossas dificuldades, até mesmo em nossas convivências, as coisas que já vivemos há tantos anos, porque há muito tempo que venho aqui. Eu tive uma oportunidade muito grande de conhecer primeiro Ricardo Sá e Eliana, sua esposa, sendo ele o primeiro a me mostrar a Canção Nova. E fui a conhecendo no dia-a-dia e vendo o valor das pessoas, o valor de lutar por uma obra. Então, eu declaro em público que a Canção Nova, para mim, é um exemplo hoje de vida, de luta, de amor.

Quando eu olho para a Luzia Santiago, eu vejo uma pessoa que luta por algo que ela ama. É como a mãe que defende os seus filhos. Eu vejo muito isso na Canção Nova. Também conheço Messias e Terezinha, aos quais amo muito, e poderia citar outros irmãos, mas só para sabermos que há santos andando por esta Chácara da Canção Nova e outros lugares e pelo mundo, existem santos da Canção Nova.

Eu oro por esta obra, e desejo que o Senhor, a cada dia mais, acrescente não só 30, vamos dobrar: 60 anos e aquilo que o Senhor quiser para sua vida!

Walmir Alencar
Ministro da música católica 



Não perca o Acampamento de Carnaval


Shopping Virtual:

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo