Madre Paulina, uma santa próxima ao povo

Santa Paulina viveu na cidade de Nova Trento/SC, onde fundou a Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição em 1890, e foi canonizada por João Paulo II em 1992.

Atualmente na mesma cidade, seu santuário recebe milhares de visitantes por semana. Próximo ao santuário existem também outros ambientes e capelas que contam a história de Madre Paulina, um testemunho de amor a Jesus e doação ao próximo. No local também há uma réplica do casebre onde a santa iniciou seu ministério de caridade, cuidando de uma mulher que sofria de câncer.

15 irmãs de sua congregação vivem próximas ao local e são responsáveis pela administração do Santuário. Irmã Lígia da Imaculada Conceição, que é religiosa na congregação há 50 anos, fala um pouco de sua experiência com Santa Paulina:

Maior virturde
\”Me comove muito a humildade de Santa Paulina, toda a sua vida e principalmente em cada sofrimento que ela viveu. Nestes momentos, ela ia diante do Santíssimo Sacramento chorava e rezava, depois saia feliz e continuava sua vida de consagrada. Ela foi heróica na caridade, na fé e na esperança\”.

Maior contribuição da congregação para a sociedade
\”Ela que foi toda de Deus e dos irmãos nos deixou como objetivo tornar Jesus conhecido, amado e adorado por todos. É o que nós procuramos fazer no meio do povo mais necessitado, mais sofrido. Neste mundo violento, cheio de misérias, de dor e sofrimento, anunciar que Deus se lembrou deste povo sofrido e nos mandou uma santa do povo, igual ao povo simples e humilde. Ele está conosco\”.



.: Cardeal Dom Geraldo Majela fala sobre Santa Paulina



.: Ajude a Canção Nova a continuar evangelizando

Livro: Eucaristia: Nosso Tesouro de Padre Jonas Abib

.: Livro: Sede santos, de Professor Felipe Aquino

.: CD: Minha história, de Eros Biondini

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo