Módulo "Quero um amor maior"

 

Padre Paulo Ricardo
Foto: Luana Oliveira/Cancaonova.com

Padre Paulo Ricardo ministrou o “Quero um amor maior” (Teologia do Corpo), no Auditório São Paulo, um dos módulos do Acampamento "Revolução Jesus". Evento que teve início no dia 11 e será concluído hoje, 15 de janeiro, após a celebração da Santa Missa, em Cachoeira Paulista (SP), sede da Comunidade Canção Nova.

Num papo-aberto descontraído, o sacerdote fez uma palestra sobre a Teologia do Corpo, explicando aos participantes sobre o conteúdo desse documento do Papa João Paulo II.

“Quando a Igreja ensina uma pessoa a se comportar de uma maneira ou de outra sexualmente, ela está ensinando algo que, enraizado no próprio ser da criação, não é uma arbitrariedade, não é porque ela [Igreja] é fechada, mas é que isso nos faz bem, está ligado à nossa própria realização. Vendo tudo isso, o Papa João Paulo II percebeu que a melhor maneira de convencer os jovens sobre o ensinamento sexual, aconselhado pela Igreja, foi desenvolvido o 'Método Fenomenológico', no qual, ao olhar dentro de si mesmo, você enxerga algo que não pode negar, como por exemplo, a masturbação, na qual, quando o jovem olha para dentro de si, depois de cometer o pecado, e enxerga um vazio imenso, pois isso não o completa”, explica o sacerdote.

Participantes atentos à palestra, no Auditório São Paulo, em Cachoeira Paulista
Foto: Luana Oliveira/Cancaonova.com

“Deus criou o ser humano à Sua Imagem e Semelhança, para que, livremente, nós também amemos como Ele ama e possamos participar de Sua glória. A realização do ser humano se dá através da nossa correspondência ao projeto de Deus Pai, que se apresenta a nós na ordem estabelecida por Ele mesmo na criação. Desta forma, o homem e a mulher tornam-se colaboradores de Deus e, ao imitarem o Seu amor no matrimônio, de maneira livre, total, fiel e fecunda, são ícones do mais glorioso matrimônio, que se dará entre Nosso Senhor e a Sua Santa Igreja no Céu", ensina.

Vivian Soria, 24 anos, de Cruzeiro (SP), que namora Rafael Gallera, 24 anos, de São Paulo (SP), há 2 anos e um mês, testemunhou que “a castidade é uma graça, e vivê-la é um desafio. Essa luta constante acaba deixando o casal mais forte, aumentando o diálogo e fazendo com que juntos sejamos mais fortes”.

Vivian Soria e Rafael Gallera, namorados há 2 anos e um mês.
Foto: Luana Oliveira/Cancaonova.com

 

Veja mais:

:: "No labirinto, jovens refletem sobre as escolhas feitas na vida'
:: "Sempre tive vontade de ter uma foto de família"
:: Trilha no Acampamento Revolução Jesus

:: Meu pai não é quadrado – pregação da Magda
:: Quero um amor maior- pregação padre Paulo Ricardo

:: Quero pegar, mas Cristo me pegou- pregação Emanuel
:: Módulo "Anazopiren"

 

Conheça mais do nosso conteúdo:

:: WebTVCN, muitos vídeos para você
:: Gente de fé, a sua comunidade de relacionamento cristã
:: Podcasts: ouça áudios sobre variados assuntos
:: Cadastre sua paróquia ou capela no Portal Canção Nova

Para o seu celular:

:: Canção Nova Mobile
:: CN Chama, a Palavra de Deus no seu celular
:: Iphone

Mais canais na web:

:: meadiciona.com/cancaonova

 

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo