Músicos testemunham em acampamento

“Um homem novo canta um canto novo”, este é o tema do Acampamento para Músicos que acontece na sede da Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP) e que reúne cantores, instrumentistas e compositores de todo o país.

Em entrevista à equipe do cancaonova.com a cantora católica Fátima Souza falou da importância da música em sua vida: “A música mexe com todas as áreas da minha vida. Ela faz parte da minha vida! Sinto que a música é uma vocação, um chamado de Deus para mim”. E testemunhou que, com todas as experiências de fé e renovação do chamado feitas neste encontro, deseja cantar um canto de conversão. “Peço que Deus, de fato, converta verdadeiramente meu coração e que o restaure!”. A cantora também fez menção à homilia do fundador da Canção Nova, monsenhor Jonas Abib: “Só canta um canto novo quem já é um canto novo, ou seja, para que eu possa fazer isso, eu preciso me renovar. E este encontro tem feito isso em mim,” concluiu.

Fátima Souza durante o show da noite de sábado
Foto: Wesley Alemeida/cancaonova.com

Além de nomes renomados da música católica, como Adriana Arydes, Ziza Fernandes, Eugênio Jorge e Dunga, entre outros, participaram do encontro muitos músicos anônimos, que ministram em suas paróquias e vieram para o acampamento buscar formação espiritual e humana, como é o caso do músico Maicon Faria, de 22 anos. Para o jovem, que além de tocar teclado, toca violão, guitarra e bateria, participar de um ministério de música tem sido para ele uma bênção: “Percebo que Deus tem retribuído o dom e nós músicos agradecemos ao Senhor por meio do nosso canto. Nós instrumentistas temos a missão de transmitir esse dom aos fiéis por nossa sensibilidade no tocar,” disse o músico da cidade de Limeira (SP).

O cantor brasiliense Paulinho Sá, uma das relevações atuais da música católica, afirmou que participar deste acampamento tem sido restaurador, destacando que os músicos, na maior parte do tempo, estão servindo em suas paróquias e que são poucos os momentos que eles têm para se refazerem: “O Acampamento para Músicos é uma oportunidade que o músico tem para receber a formação que ele precisa e renovar a sua espiritualidade. O músico precisa de alguém que saiba ler aquilo que está acontecendo dentro dele para que ele possa dar frutos a partir da sua intimidade com Deus!” Segundo o músico de Brasília (DF), a experiência que ele tem feito ao participar do evento é de voltar ao primeiro amor, aquele que o conquistou no momento da sua conversão: “Quero voltar ao primeiro amor e percebo que meus irmãos, aqueles que estão nesta mesma caminhada, trazem o mesmo desejo. Percebi que, no momento em que rezávamos uns pelos outros na pregação do Dunga a visão que eu tinha era que um recolhia os cacos do outro, porque, durante a caminhada, vamos nos machucando. Vivi um momento de conversão!”, partilha o cantor.

Para Lucineide Maria, da cidade de Martinópolis (SP), que canta no Ministério de Música Caminho e há mais de 10 anos está ligada às atividades musicais em sua paróquia, ser músico é ser instrumento nas mãos de Deus: “É maravilhoso o que estamos vivendo aqui neste acampamento! Vim em busca de renovação no espírito e de buscar a graça de Deus para levá-la ao meu ministério de música.”

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo