Não deixe que pequenos problemas estraguem o seu 'para sempre'

Por Dado Moura

“E viveram felizes para sempre…”. Assim termina um conto de fadas ou é o que muitos filmes românticos deixam subentendido. Essa frase também retrata o desejo de muitos ao abraçarem a vida conjugal. E como em todas as experiências da nossa vida, o casamento nos ajuda a amadurecer dia após dia por meio do exercício da vida a dois.

Ao lermos a biografia de profissionais bem-sucedidos, constatamos que o início da carreira deles foi exigente e que somente se tornaram grandes empresários graças à dedicação, à renúncia e à perseverança. Seja numa profissão seja na vida conjugal a atenção para o nosso “empreendimento” não pode deixar de acontecer, pois quando os problemas conjugais não são resolvidos satisfatoriamente, os ressentimentos começam a germinar dentro da relação.
'Um simples problema, qualquer que seja ele, pode destruir um casamento', destaca Dado Moura
Foto: Arquivo/Cancaonova.com
Quando estamos doentes, procuramos um médico para cuidar do mal que ameaça nossa saúde. Da mesma forma, quando achamos que as coisas não estão caminhando como gostaríamos em nosso relacionamento, precisamos encontrar pessoas experientes, sábias e íntegras que possam nos ajudar a avaliar nossos problemas e recomendar alguns ajustes para saná-los.
Na vida conjugal, podemos achar que o nosso problema é único, especialmente, quando vem à tona o descontentamento de um dos cônjuges por achar que o parceiro é imaturo, infiel e egoísta, o que torna a dinâmica da vida a dois difícil e, consequentemente, acaba por destruir qualquer possibilidade de crescimento, respeito e atração mútua.

Não precisamos esperar as situações se tornarem crônicas para buscar socorro, pois, da mesma maneira que, ao primeiro sinal de um mal-estar, buscamos um médico, precisamos ter a mesma preocupação quanto à direção que o nosso casamento está tomando. Para que os males não destruam o sonho vivido a dois, existem muitos encontros voltados à vida conjugal. Entre os diversos assuntos tratados nesses eventos estão o resgate do respeito para com o outro, a abertura ao diálogo e os alertas sobre certas atitudes que devem ser evitadas para preservar a intimidade, o amor e o respeito mútuo entre o casal.

Um simples problema, qualquer que seja ele, pode destruir um casamento, mas quando o casal reconhece a necessidade de buscar ajuda, as fraquezas do perigo ameaçador passam a ser conhecidas e tratadas pelos dois.

Confira:


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo