Padres da Canção Nova marcam presença na abertura do Ano Sacerdotal

Mais de 200 sacerdotes e seminaristas das dioceses da região do Vale do Paraíba estiveram presentes na Missa de abertura do Ano Sacerdotal da Arquidiocese de Aparecida (SP), que aconteceu no Santuário Nacional. Dentre eles, 13, dos 31 padres ordenados pela Comunidade Canção Nova, participaram da celebração Eucarística.

O Papa Bento XVI instituiu a data – que vai de 19 de junho de 2009 a mesma data de 2010 – para celebrar os 150 anos de morte de São João Maria Vianney, o Santo Patrono de todos os párocos do mundo.

:: Saiba mais sobre o Ano Sacerdotal

Com o tema “Fidelidade de Cristo, fidelidade do sacerdote”, o Sumo Pontífice quer promover a espiritualidade sacerdotal e ajudar os padres a perceberem cada vez mais a importância do seu papel e de sua missão na Igreja e na sociedade contemporânea.

Padres da Canção Nova: Carlos, André, Bantu, Luizinho, Cido e Roger Luiz (da esquerda para direita)
Foto: Robson Siqueira

Para padre Sóstenes Vieira, ordenado há seis meses na Canção Nova, uma das reflexões importantes que serão feitas neste Ano Sacerdotal diz respeito ao novo papel do sacerdote na sociedade contemporânea.

“O padre de hoje precisa ter a capacidade de fazer a diferença nesta sociedade capitalista e relativista. Ele sempre deve estar atualizado para criar um diálogo com o povo”, explicou.

:: Conheça a história de São João Maria Vianney

Vieira escreveu uma monografia, intitulada “Igreja e modernidade: as exigência de um novo diálogo”, na qual retrata o papel do sacerdote que vai fazer a diferença. “Acredito que atualmente precisamos falar a linguagem do mundo também sem esquecer, é claro, do poder do Evangelho”.

Veja também:

:: Carta do Papa Bento XVI para o Ano Sacerdotal
:: Entrevista: 19 de junho: início do Ano Sacerdotal
:: Santuário de Aparecida celebra Abertura do Ano Sacerdotal

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo