Revolução Jesus é para ser vivido todos os dias

Jovens de todo o país passaram pela sede da Comunidade Canção Nova, de 11 a 15 de janeiro, por conta do aprofundamento radical e Acampamento "Revolução Jesus".

Jovens passando pelos percursos durante os dias de aprofundamento nos módulos radicais
Foto: Robson Siqueira/Cancaonova.com

 

Durante os dias de aprofundamento nos módulos radicais, aproximadamente 500 jovens estiveram presentes. Muitos fizeram a experiência do primeiro amor.
Temas como Afetividade e Sexualidade, cura interior, família foram abordados de forma muito dinâmica e concreta.

Em entrevista ao Portal Canção Nova a jovem Michele Almeida, do Ceará, após participar do Circuito de Afetividade e Sexualidade, nos disse: “Se eu pudesse voltar atrás, eu seria muito mais feliz, seria uma menina virgem, porque sexo é prazer momentâneo, no ato você é a mulher perfeita, mas depois é mais um relacionamento. Quero me guardar para o meu marido e isso só saberei, se ele é realmente meu, depois do casamento. Eu nasci para dá certo!”.

No acampamento, que teve início no sábado (14/01) pela manhã e terminou no domingo (15), vimos o Rincão do Meu Senhor lotado. A expectativa era grande, pois visitas ilustres passariam pela Chácara de Santa Cruz neste dia. E assim aconteceu, a cruz peregrina da JMJ e o ícone de Nossa Senhora chegaram no início da tarde na Canção Nova.

Antônio Carlos, de Bebedouro (MG), nos disse que fez uma experiência única estando bem pertinho da cruz peregrina: “Eu nunca a tinha visto de perto, meu coração tá bem acelerado, está muito tocado. Já estou levando daqui uma transformação de vida, quero perseverar e carregar a minha cruz sem desistir. A vida é boa é para ser vivida. Eu quero vivê-la.”

 

Momento em que a cruz da JMJ chegou à sede da Canção Nova
Foto: Robson Siqueira/Cancaonova.com
 
 
Na noite de sábado a Adoração ao Santíssimo Sacramento levou os jovens a assumir o amor de predileção de Cristo por cada um, apesar do horário que já se avançava e da chuva que caía em Cachoeira Paulista eles permaneceram fiéis durante toda esse momento de cura e intimidade com Deus.

Na manhã de domingo Adriano Gonçalves abriu o acampamento com uma pregação na qual testemunhou sua vida e os desafios enfrentados para levar adiante a missão Revolução Jesus: “Eu perdi sonhos, eu perdi namoro, eu perdi tanta coisa para estar aqui hoje. Quando íamos dar início ao programa “Revolução Jesus”, há 5 anos, minha irmã me ligou e pediu que eu voltasse para casa, porque minha mãe havia tido um surto psicótico. Fui para casa e tinha uma semana para permanecer lá, porque, na quinta-feira, começaria o programa, e minha mãe teve outro surto, precisei levá-la novamente para a clínica.”

O depoimento do missionário deu abertura para que pudéssemos conhecer muitos outros testemunhos. Um momento forte que levou aqueles que assumiram essa proposta a um comprometimento com uma mudança de vida.

A jovem Geovana partilhou: “Meu pai tinha esquizofrenia e, em uma vez, briguei com ele e ele tentou me estrangular, quando estava numa crise forte. E no 'Revolução Jesus', no primeiro módulo em que entrei, na casa, eu escrevi: 'Pai esquizofrênico'. Ali senti Deus me falando: 'Procure seu pai. Você vai cuidar dele'. Meus pais se separaram e a partir disso nunca mais eu o procurei”.

 

"Quem não para para escutar a Deus fica buscando migalhas", afirma padre Fabrício
Foto: Robson Siqueira/Cancaonova.com
O cume de tudo o que foi vivido nesses dias está sem dúvida na pessoa de Cristo. Durante a Celebração da Santa Missa, padre Fabrício disse aos jovens que é preciso descobrir o querer de Deus a nosso respeito, utilizando o Evangelho do dia como parâmetro: “O que vocês estão procurando? Jesus faz esta pergunta porque Ele sabe que quando existe clareza no que se procura, não se desiste no meio do caminho".

E assim se encerrou este acampamento, mas não a missão. O "Revolução Jesus" é para ser vivido todos os dias, numa busca incensante pela essência do jovem como filho de Deus.

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo