Equipe litúrgica organiza rito de dedicação

Faltam 16 dias para a cerimônia de dedicação do Santuário do Pai das Misericórdias

Alessandra Borges
Da redação

Nesta quarta-feira, 19, a equipe responsável pela cerimônia de dedicação do Santuário do Pai das Misericórdias organizou uma reunião com as equipes do Sistema Canção Nova de Comunicação (Internet, TV e Rádio AM e FM) para explicar como será realizada a celebração e o rito de dedicação do santuário.

Será uma celebração litúrgica que envolve muitos detalhes, pois, durante a Santa Missa, haverá um momento no qual o bispo diocesano de Lorena (SP), Dom João Inácio Müller, realizará o rito de consagração da igreja ao Pai das Misericórdias.

Equipe de liturgia organiza ritual de dedicação

Equipe do Sistema Canção Nova de Comunicação participa de reunião com equipe de liturgia para acertar detalhes da Santa Missa. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

O sacerdote da diocese de Lorena, padre Rivelino Nogueira, esteve, nesta tarde, no santuário para participar da reunião, pois, no dia da celebração, ele auxiliará o bispo. Padre Rivelino afirmou que toda a diocese está em festa, na expectativa para esta grande cerimônia, pois será mais um local para os fiéis se encontrarem com Deus.

“Aqui é o Pai das Misericórdias, aquele que está sempre de braços abertos. Este santuário vem ao encontro daquilo que a Igreja no Brasil e no mundo está vivendo, ou seja, de ir a encontro das pessoas. O santuário vai estar de portas abertas para receber o povo de Deus, especialmente aquele povo sofrido que necessita do abraço do Pai”, explicou.

Durante a celebração, haverá três momentos especiais: a bênção das paredes e do altar, quando o bispo vai aspergir com água benta a igreja e o altar. O prelado vai rezar a ladainha, pedindo a intercessão de todos os santos. Em seguida, ele fará a oração consecratória, momento da dedicação, quando o bispo vai ungir o altar com o óleo do crisma e as paredes onde estão fixados os quadros da via-sacra; depois, Dom João vai incensar todo o santuário como um gesto de reverência e oração.

“É um rito muito bonito e rico esse que a Igreja prescreve para a dedicação de uma igreja”, ressaltou o sacerdote.

.: O que é o rito de dedicação de uma Igreja
.: Pai das misericórdias acolhe todos no ‘Hosana Brasil’

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo