A perseverança nos conduz à vitória

A nossa perseverança precisa ser alimentada por uma boa memória

Alexandre Oliveira. Foto: Andréia Britta/cancaonova.com

A Palavra de Deus, em Hebreus, capítulo 10, diz que a perseverança é importante para cumprirmos a vontade de Deus e ela nos leva a tomarmos posse daquilo que o Senhor nos prometeu. 

A Palavra meditada está em Números, capítulos 13 e 14. O povo de Israel havia sido libertado da escravidão do Egito pelo braço de Deus. O povo viu Deus abrir o mar vermelho e eles atravessaram a pé enxuto. O povo já estava liberto da escravidão, mas ainda não tinham alcançado a terra prometida. Deus ordenou a Moisés que reunisse um grupo de homens para fazerem o papel de exploradores na terra de Canaã.

Entre os homens escolhidos por Moisés, havia dois homens chamados Caleb e Josué. Esse grupo foi até a cidade de Canaã, e lá passou quarenta dias e voltou com muitos frutos, porém, o povo de lá era muito bravo.

O povo ficou revoltado e queria apedrejar Moisés. Eles diziam: “Por que nos trouxe aqui, Moisés?”. Moisés se prostrou aos pés de Deus pedindo misericórdia. Moisés convenceu a Deus, dizendo: “Não castigue o seu povo”. Deus sentenciou aquele povo a caminhar durante quarenta anos pelo deserto.

A perseverança está ligada ao passado, presente e futuro

Uma lição muito importante sobre a perseverança: ela está ligada e sendo alimentada pelo nosso passado, presente e futuro. Esse povo esqueceu-se dos benefícios de Deus. A nossa perseverança precisa ser alimentada por uma boa memória.

Eu não sei o que você já viveu, mas a sua vida não é feita somente de coisas ruins, dores ou perdas. A vida do homem, que é a imagem de Deus, tem dignidade. A nossa vida é abençoada demais para nos esquecermos que somos amados por Deus. O povo que tem boa memória é abençoado por Deus. Precisamos nos lembrar das coisas boas que já aconteceram em nossa vida.

A fé nos projeta

Na última pregação do padre Léo eu estava na plateia, chorei com as palavras dele. Em um dos momentos da pregação, ele disse: “Eu sabia que precisava estar aqui, neste dia, para contar a vitória de Deus em minha vida. O câncer tira tudo de nós, tira a nossa dignidade. Nós nos tornamos como um ”trapo” em cima da cama […]. Mas permanece a fé. Essa ninguém tira, nem o encardido. Quem tem fé não perdeu nada, pois ela nos projeta quando estamos mais cansados e doloridos”.

A perseverança é alimentada por boas memórias. A Canção Nova é um sinal do poder de Deus, aqui estamos no sobrenatural de Deus e, jamais, nos esqueçamos disso.

Não nos esqueçamos de tudo que Deus fez em nossa vida

Corremos o grande risco de perdermos a memória, de nos esquecermos daquilo que Deus fez em nossa vida. Olhemos para o passado com gratidão e não com tristeza, digamos “Hosana” pelo nosso passado.

Existe uma meta para nós, uma terra prometida chamada: Céu. O Senhor voltará e isso não pode ser motivo de pânico para nós.

Briguemos pelo Céu

Foi um ano difícil para nós, brigamos por causa de política, de saúde, de futebol. Você é bom de briga? Quero lhe dar um bom motivo para brigar: brigue pelo Céu. A Igreja precisa de pessoas que briguem pelo Céu!

Olhemos para o nosso passado e digamos: “Até aqui o Senhor me ajudou, a minha meta é o Céu”.

O tempo presente é o tempo do Espírito e do testemunho. Neste tempo, existe um “agora de Deus”, o mesmo agora que Paulo Apóstolo mostra na Carta aos Coríntios: “É agora o momento favorável. É agora o dia da salvação”.

Se hoje fosse o último da sua vida, como você gostaria de vivê-lo?

Agradeçamos e bendigamos ao Senhor, olhemos para o nosso passado e o agradeçamos. Pegue todo o seu sofrimento e coloque numa caixinha, pegue uma outra caixinha e coloque todas as coisas boas que o Senhor já te deu e O agradeça. 

Confira também: 
.:Veja as fotos do Hosana no Flickr
.:A voz de Deus se concretiza em Sua Palavra
.:O Senhor nos ama e nos honrará com a vitória

Banner do canal PlayCancaonova no Youtube

Transcrição e adaptação: Karina Silva

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo