Deus nos vê nas tribulações

Padre Reginaldo Manzotti
Foto: Maria Andrea/cancaonova.com

Deus nos diz que temos uma fera enjaulada em nosso interior. Essa fera, a qual o Senhor faz referência, nada mais é do que a nossa inconstância, pois somos capazes de cair diante das dificuldade, mas sem jamais nos darmos por vencidos.

A subida é muito difícil, talvez seja algo que levamos anos de caminhada para construir. Porém, a descida é exatamente o oposto, tudo aquilo que demoramos para construir pode ser destruído em poucos instantes.

Em meio às tribulações, somos capazes de provar mais a fé. Quando a encaramos dessa forma, compreendemos que a provação não é uma queda, muito menos um recuar, mas sim um exercício de crescimento.

Deus sabe o que você está passando. Mas mesmo sabendo, Ele espera o tempo necessário a fim de que você mesmo descubra do que realmente precisa e, assim, conheça a si mesmo.

O Senhor nos deu algo inviolável, algo que nenhum homem é capaz de impedir: o livre arbítrio. Deus é o primeiro a respeitá-lo. 

Você ainda não se deu conta de que precisa de uma reserva de energia? Precisamos de algo muito maior e Deus nos confia uma missão muito grande. Quanto mais perto d'Ele estivermos, mais batalhas enfrentaremos.

Você até pode ser perseguido, mas jamais será abandonado. Este sentimento de abandono vem da nossa falta de sintonia com Deus, que é gerada quando deixamos nossa vida de oração em segundo plano.

A resistência em uma vida espiritual só é adquirida com o tempo, e se você sabe que o tempo de tribulação se aproxima, não existe lugar mais seguro do que ficar aos pés da cruz de Cristo. Uma provação é vencida na fé e na perseverança, sem temer o que está por vir, acreditando que o seu Senhor é maior do que qualquer dificuldade.

O que nos mantém firmes na esperança é a vitória do Nosso Senhor Jesus no alto da cruz, vencendo as dores, as humilhações, as acusações e, acima de tudo, suportando a dor de toda uma humanidade. Diante disso, nós não temos o direito de parar nas dificuldades que nos são impostas.

"Você jamais será abandonado por Deus", ensina padre Reginaldo Manzotti.
Foto: Maria Andrea/cancaonova.com

Antecipadamente, o Senhor nos fala de uma paz que só conseguimos encontrar em Deus. E só depende da nossa iniciativa ter esse nível de intimidade com o Pai.

Como você está lidando com a sua tribulação? Quais são as promessas que o sustentam na esperança? Aquele que se desespera diante dos desafios, é porque já esqueceu todas as promessas que foram feitas na sua vida.

Se não levarmos as promessas de Deus em nossos corações, mesmo aquelas mais simples, mas que tocaram nosso coração de forma especial, nós perderemos a esperança de que um tempo novo chegará.

Precisamos nos encher de Deus, porque aquele que se mantém junto da cruz jamais se esquece do que foi dito em suas orações. Se você, hoje, passa por tribulações, não perca a fé, não se afaste de Deus, porque as promessas que foram feitas por Ele serão cumpridas.

 
Transcrição e adaptação: Gustavo Souza

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo