Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos

Márcio Pereira
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com

Estamos vivendo em um mundo que precisa da radicalidade do Evangelho. É urgente!

“Rogo-vos, pois, irmão, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. Porque pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um” (Romanos 12,1-3).

No começo deste capítulo, São Paulo nos exorta em sacrifício e pede para que não nos conformemos com este mundo. Podemos observar que, hoje em dia, ninguém está preocupado com sacrifício, em deixar as coisas boas de lado. Estamos acomodados.

Para vencer este mundo é necessário pedir o Espírito Santo para lutar e romper com as coisas que não são favoráveis a nós. Sempre temos de fazer sacrifícios, pois, às vezes, pensamos que as coisas do mundo são boas, mas nem sempre são assim. Deus nos pede que renunciemos às coisas mundanas.

Temos de fazer um propósito na nossa vida para que o Senhor, mesmo nas dores e nos sofrimentos, possa tirar um bem de todo mal. Nada é mérito nosso, mas graça de Deus. É preciso confiar e ser fiel e Ele.

Infelizmente, temos a tendência de olhar para os outros e fazer o que eles fazem. No entanto, não podemos seguir os demais. Temos de seguir o Nosso Pai. Se seguirmos Jesus Cristo, poderemos dar o nosso testemunho ao mundo.

"Nada é mérito nosso, mas graça de Deus. É preciso confiar e ser fiel a Ele!", exalta o pregador.
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com

Nos dias atuais, estamos perdendo a referência de família. Nossas crianças já não têm exemplos para seguir. Os seres humanos estão perdendo a dignidade de filhos de Deus, estamos matando nossos filhos. Temos de resgatar a nossa dignidade, lutar contra este mundo.

Precisamos ter a consciência de católicos e ser testemunhas de filhos do Senhor. Não podemos nos conformar e ficar de braços cruzados com as coisas que estão acontecendo ao nosso redor. É preciso ser diferente!

O sacrifício nos dá a graça de não nos conformarmos com este mundo e ajudamos as pessoas a serem diferentes.

Temos de ser profetas, anunciar e denunciar com a nossa vida. Não podemos julgar ninguém, mas testemunhar a graça que Deus nos dá. Não podemos ter vergonha de testemunhar e de ser católicos, porque o mundo precisa ver, no brilho do nosso olhar, que somos do Pai.

Se existem vazios no nosso coração, somente Jesus Cristo pode nos preencher e curar nossas feridas. Afinal, ninguém vai seguir e ter como exemplo as pessoas desanimadas. Temos de buscar o Espírito Santo para que Ele possa nos conduzir. Assim, possamos contagiar as pessoas, a fim de que elas vejam que existe um Deus, o qual cuida de tudo.

Peçamos ao Senhor a graça de sermos testemunhas para este mundo!

Transcrição e Adaptação: Thaís Rufino de Azevedo


Márcio Pereira


Missionário da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo