Pastores segundo o Coração de jesus

Padre Joãozinho SCJ
Foto: Maria Andrea Moraes/Cancaonova.com

Neste ano de 2012 tenho a graça de celebrar meus 20 anos de sacerdócio.

Me recordo que no ano de 1992, anos da minha ordenação a Beato João Paulo II, publicou um carta a todos os sacerdotes com o tema: “Eu vos darei pastores segundo o Meu coração.”

Nesta santa missa gostaria de rezar por todas as vocações sacerdotais e religiosas.

Hoje é um dia em que Jesus no seu evangelho nos provoca a pensarmos coisas muito sérias, a respeito do pastoreio.

Precisamos ser bons pastores, pastores segundo o coração de Deus.

No evangelho de São Marcos 12,38-40, Jesus dizia, no seu ensinamento, à multidão “Tomai cuidado com os doutores da Lei! Eles gostam de andar com roupas vistosas, de ser cumprimentados nas praças públicas; gostam das primeiras cadeiras nas sinagogas e dos melhores lugares nos banquetes. Eles devoram as casas das viúvas, fingindo fazer longas orações. Por isso eles receberão a pior condenação”.

E continua, Marcos 12,41-45: “Jesus estava sentado no Templo, diante do cofre das esmolas, e observava como a multidão depositava suas moedas no cofre. Muitos ricos depositavam grandes quantias. Então chegou uma pobre viúva que deu duas pequenas moedas, que não valiam quase nada. Jesus chamou os discípulos e disse: “Em verdade vos digo, esta pobre viúva deu mais do que todos os outros que ofereceram esmolas. Todos deram do que tinham de sobra, enquanto ela, na sua pobreza, ofereceu tudo aquilo que possuía para viver”.

Jesus da um exemplo de um mal pastor, e em seguida Jesus elogia a esmola da viúva, como vimos acima.

Estamos diante de uma sociedade com muitos pastores de araques, que se alto entitularam pastores e bispos, em que se utilizam do rebanho para enriquecer.

Não vamos ser ingenuos, a Igreja Católica tem no ecumenismo o desejo do coração de Jesus, que sejamos uma só alma e um só coração. Cuidado, há falsos pastores no meio do povo, por isso neste Acampamento, vamos rezar por todos os bons pastores, para que tenham a coragem de dar a sua vida pelo seu rebanho.

O critério para saber se alguém é um bom pastor é que este, seja capaz de dar a sua vida pelo seu rebanho, este sim é um pastor segundo o coração de Deus.

"Não tenha medo de pastorear o seu rebanho que é a sua família." afirma o Padre Joãozinho SCJ
Foto: Maria Andrea Moraes/Cancaonova.com

 

: Veja + fotos no Flickr

 

 Outro ponto importante para ser resaltado nesta homilia esta na segunda carta de São Paulo a Timóteo 4,1-8: “Caríssimo, diante de Deus e de Cristo Jesus, que há de vir a julgar os vivos e os mortos, e em virtude da sua manifestação gloriosa e do seu Reino, eu te peço com insistência: proclama a palavra, insiste oportuna ou importunamente, argumenta, repreende, aconselha, com toda a paciência e doutrina. Pois vai chegar o tempo em que não suportarão a sã doutrina, mas, com o prurido da curiosidade nos ouvidos, se rodearão de mestres ao sabor de seus próprios caprichos. E assim, deixando de ouvir a verdade, se desviarão para as fábulas.
Tu, porém, mostra vigilância em tudo, suporta o sofrimento, desempenha o teu serviço de pregador do evangelho, cumpre com perfeição o teu ministério. Sê sóbrio.

-Quanto a mim, eu já estou para ser derramado em sacrifício; aproxima-se o momento de minha partida. Combati o bom combate, completei a corrida, guardei a fé. Agora está reservada para mim a coroa da justiça, que o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos que esperam com amor a sua manifestação gloriosa.”

Ser devoto do Sagrado Coração de Jesus exige que sejamos um bom pastor. Assim como disse São Paulo: “é preciso que preguemos o evangelho de forma oportuna ou importunamente.”

Não tenha medo de pastorear o seu rebanho que é a sua família.

Peregrinas prestando atenção na homilia do Padre Joãozinho
Foto: Maria Andrea Moraes/Cancaonova.com

 

Para encerrar esta meditação da Palavra gostaria de usar um trecho da Exortação Apostólica Pós-Sinodal PASTORES DABO VOBIS de João Paulo II: Maria,

Mãe de Jesus Cristo e Mãe dos sacerdotes
recebei este preito que nós Vos tributamos
para celebrar a vossa maternidade
e contemplar junto de Vós o Sacerdócio
do vosso Filho e dos vossos filhos,
ó Santa Mãe de Deus.

Mãe de Cristo,
ao Messias Sacerdote destes o corpo de carne
para a unção do Espírito Santo
a salvação dos pobres e contritos de coração,
guardai no vosso Coração
e na Igreja os sacerdotes,
ó Mãe do Salvador.
Mãe da fé,
acompanhastes ao templo o Filho do Homem,
cumprimento das promessas feitas aos nossos Pais,
entregai ao Pai para Sua glória
os sacerdotes do Filho Vosso,
ó Arca da Aliança.
Mãe da Igreja,
entre os discípulos no Cenáculo,
suplicastes o Espírito
para o Povo novo e os seus Pastores,
alcançai para a ordem dos presbíteros
a plenitude dos dons,
ó Rainha dos Apóstolos.
Mãe de Jesus Cristo,
estivestes com Ele nos inícios
da Sua vida e da Sua missão,
Mestre O procurastes entre a multidão,
assististe-l’O levantado da terra,
consumado para o sacrifício único eterno,
e tivestes perto João, Vosso filho,
acolhei desde o princípio os chamados,
protegei o seu crescimento,
acompanhai na vida e no ministério
os Vossos filhos,
ó Mãe dos sacerdotes.
Amen!

 

Transcrição e Adaptação: Mariana Lazarin Gabriel (@marilg)


 

ADQUIRA ESSA PREGAÇÃO PELO TELEFONE (12)3186-2600
OU
EM NOSSA LOJA VIRTUAL


Assista um trecho desta pregação:


Padre Joãozinho


Sacerdote do Sagrado Coração de Jesus

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo