Precisamos de Jesus

Ouça o salmo cantado por Ana Néri
\”Ao Senhor eu peço apenas uma coisa: habitar no santuário do Senhor.\”

.: Ouça essa homilia na íntegra

(At 5,34-42 / Jo 6,1-15)

Irmãos, vivemos tempos em que graças a Deus, existe um grande contraste: de um lado o mundo rejeitando Deus, e por outro lado, um povo que O busca. Deus gosta de enfrentar o impossível. E por isso que nos dias de hoje, Ele está fazendo tantos impossíveis.


Gamaliel, o mestre de Saulo, veio e disse: \”ao que está acontecendo agora, dou-vos um conselho: não vos preocupeis com esses homens e deixai-os ir embora.\”(At 5,38)
Irmãos, encontramos hoje muitas forças, que parecem ser a maioria, mas não o são, em comparação com aqueles que são de Deus, que dão a vida por Deus. Mas, o mal faz um grande barulho, só de saber que é sempre assim, temos a impressão de que são muitos. Eles estão contra Deus, querem acabar com Jesus, inventam coisas, fazem romances, filmes, quadros pornográficos com coisas santas, querendo destruir aquilo que é indestrutível.

\”Se esse projeto é humano, vai passar por si mesmo, vai se destruir por si mesmo\”, mas se for de Deus, não vai destruir. Eles não conseguirão destruir a Igreja, pois ela é de Deus. Atacando a Doutrina, o Evangelho, destruindo personagens bíblicos, querendo destruir os apóstolos. Mas, uma vez que a Igreja é de Deus, o Evangelho também é de Deus e eles não conseguirão destruir.

Vamos sofrer muito com isso, mas o Senhor nos dá força e nos dá coragem, nos faz ousados. O mal não desiste, por isso, nós não podemos desistir.

De onde vinha essa coragem dos apóstolos? Do grande amor que eles tinham por Jesus, eles eram apaixonados por Jesus, estavam dispostos a dar a vida por Jesus e realmente deram. Estavam dispostos a tudo, porque amavam Jesus. Você lembra que depois da pesca milagrosa, Jesus pergunta a Simão: \”Tu me amas?\” E ele responde: \”Sim, Tu sabes que eu Te amo\”. E Jesus repete a pergunta por mais duas vezes. Jesus queria que Pedro tivesse a certeza de que ele O amava, embora tivesse negado Jesus. Ele precisava ter essa certeza, por isso pergunta três vezes.

Nesses dias de acampamento, vamos buscar ser curados para aprender a amar. Nós queremos amar a Deus, mas nós queremos amar também aqueles com quem vivemos, com quem trabalhamos, mas que muitas vezes não conseguimos amar.

Eu quero amar Senhor, quero muito amar a Ti e aos meus irmãos. Sinceramente eu quero amar. Dá-me a graça de amar e reconhecer Senhor que para amar aqueles onde vivo, na minha casa, no meu trabalho, eu preciso ser curado de tanta coisa no meu interior que me impede.

Transcrição e áudios: Anderson Nunes
Fotos: Paulo Casella


Monsenhor Jonas Abib


Fundador da Comunidade Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo