Tudo é possível para aquele que crê

Padre Rufus Pereira
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com

Você quer saber o que é cristianismo?

Não se faz necessário sequer ler livros volumosos. Leia os quatro evangelhos. Jesus passou apenas três anos realizando o trabalho que Deus Lhe confiou e esses três anos mudaram o mundo.

Jesus começou o seu ministério a partir de uma experiência, e experiencia que veio de Deus Pai, que é chamado o Batismo no Rio Jordão, o Batismo no Espírito Santo.

Jesus o filho único de Deus Pai, foi humilde o suficiente para ser batizado por um homem,João Batista. E por que Jesus fez isso? porque Ele quis considerar a si Mesmo com um de nós, pobres pecadores que necessitam do Batismo.

São Paulo diz: 'Aquele que não conhecia o pecado se tornou pecado por nós'.

Jesus recebeu do Pai um amor de forma muito especial. Ele não é 'grande' porque foi exaltado pelo que fez e realizou, mas porque Se fez pequeno, encarnou-se.

Jesus se tornou homem como uma semente no ventre de Maria.

Que demonstração maior de amor que essa? Onde Deus se torna um feto no ventre de Maria.

O evangelho nos diz que quando Jesus recebeu sua missão Ele estava repleto do Espírito Santo, começa a partir daí o anuncio da Boa Nova.

Se Jesus Cristo precisou do Espírito Santo para mudar o mundo, muito mais nós precisamos deste mesmo Espírito para transformar as realidades em que vivemos.

O que Jesus fazia em todos lugares, para todas as pessoas? Pregava para grandes multidões, ensinava e curava, foi isso que Jesus fez e é isso que todos nós precisamos, ouvir a Boa Nova de Deus e permitir que Ele faça a Boa Obra em nós.

Como São Paulo, amemos a Deus, queiramos ser bons e tenhamos Jesus como Salvador. Com os pés no chão sabendo que em nossas vidas diariamente existem os problemas, eles estão presentes no meu interior, por situações emocionais e problemas que estão a minha frente e que precisam de libertação.

Se você quer ser aquilo que Deus quer que você seja, mantenha a Fé.

Estamos aqui em primeiro lugar para ouvir Deus falando conosco. A palavra de Deus e a nossa oração é a chave para este encontro.

"Se você quer ser aquilo que Deus quer que você seja, mantenha a Fé"
Foto: Wesley Almeida/Cancaonova.com

 

Veja + fotos no Flickr

 Veja + fotos também no Facebook 

 

Jesus deu quatro ordens aos Apóstolos: 'Ide a todos os cantos do mundo'. Imaginem como eles se sentiram, eram de lugares pequenos, pequenas aldeias e tinham que ir a todos os lugares do mundo.

A segunda ordem foi: 'Preguem o Evangelho a todas as nações.' Talvez os apóstolos pudessem dizer, 'mas nós só sabemos falar a nossa língua', porém Jesus foi claro em dizer: 'Preguem a todas as nações'. A terceira ordem: 'Curai todos os enfermos'. Imaginem a face dos discípulos diante desta ordem.

Por fim: 'Libertem os cativos. Libertem todos aqueles que estão possuídos pelo mal'. Vocês sabem que todos eles tinham medo do demônio, porém não confiavam em suas forças, por isso obedeceram.

Os apóstolos foram a toda parte e pregaram a Boa Nova, apenas abriram a sua boca, e Jesus confirmava suas pegações pela cura e libertação.

Não somos curadores ou libertadores é Deus quem cura as pessoas e não eu.

Deus deu nossas mãos não para esbofetear as pessoas, mas para impondo as mãos rezar, são os instrumentos que Deus usa para curar e libertar.

Precisamos entender qual o plano de Deus a nosso respeito pela cura, não podemos reduzir a cura em somente física. São Paulo diz aos Tessalonicenses que Deus quer a nossa cura total. Também na minha mente, emocionalmente, fisicamente e espiritualmente, a cura é plena. Uma cura profunda não superficial. Jesus quer que sejamos plenamente curados.

Transcrição e adaptação: Cris Henrique


Padre Rufus Pereira


Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo