Amar, o segredo da santidade

Somos a geração chamada à santidade, e só chegaremos nela por meio do amor

Amar, o segredo da santidade

Fábio Lira.
Foto: Jorge Ribeiro/cancaonova.com

Somos chamados a marcar uma geração. E a nossa geração não pode ser marcada pelos acontecimentos que estão nos jornais ou como uma geração derrotada, corrupta e violenta. A nossa geração tem de ser marcada pela santidade de vida.

Nós não podemos perder a visão diante de tantas acontecimentos e desgraças, essa visão de sermos santos, para a qual Deus nos chama. A partir do batismo, temos a vocação universal da santidade, essa é a nossa meta.

Nós temos entrado numa santa competição de povoar o céu, e essa é a vontade de Deus para nós. Muito mais do que fazemos e queremos, repousa uma vontade celeste de Deus para a nossa vida, que é a santificação.

A santidade requer que não desistamos. Mesmo que doa, o melhor de Deus está por vir. Ser santo é buscar ao Senhor, ser fiel a Ele. O segredo para ser santo é amar. Tudo o que fazemos e realizamos precisa ser feito com amor, amor pelas coisas santas, pelas coisas de Deus.

Se colocarmos amor em nossas orações, o impossível Deus poderá realizar; e além de colocarmos amor no que fazemos, precisamos voltar a amar os irmãos. Quem não ama permanece na morte; e não importam nossos traumas, é sempre tempo de recomeçar a amar e acreditar no amor.

Temos de dar uma chance para Deus sarar a nossa dor e nos fazer amar novamente. Se acreditarmos e clamarmos para que Ele venha sobre nós e faça seu milagre, Seu poder nos tocará e nunca mais seremos os mesmos. O amor gera santidade de vida!

Leia mais:
.:Fim dos tempos 
.:Somente a consciência do amor incondicional nos torna capazes de amar

Transcrição e adaptação: João Paulo dos Santos

 


Fábio Lira


Missionário da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo