Advento, tempo de retomar a caminhada de fé

Padre João  Marcos - Foto: Daniel Mafra

Padre João Marcos – Foto: Daniel Mafra

A Palavra de Deus tem o poder de mudar a nossa história. Mas você a tem deixado mudar a sua vida? Você tem tirado um tempo, no seu dia dia, para ter contanto com Deus? Dizemos que não temos tempo para rezar, mas o temos para tantas outras coisas. Como, então, não ter tempo para a Palavra de Deus?

É importante ficarmos atentos à Palavra do Senhor, à liturgia. De tudo o que ouvimos, pelo menos um versículo precisa ficar em nossa cabeça. É preciso abrir o coração a tudo o que Deus quer falar com cada um de nós.

Não basta dizermos que Jesus é o Senhor da nossa vida, é preciso deixar que Ele tome conta dos nossos dias e atos. Do contrário, assumiremos apenas algumas coisas da Doutrina da Igreja. É preciso que o senhorio de Jesus tome conta do nosso coração.

Precisamos ser homens novos, que cantam um cântico novo, segundo santo Agostinho. Porém, este cântico não é apenas uma música, mas a vida que condiz com a vontade de Deus.

A pessoa que canta este cântico é aquela que realiza a vontade do Pai que está no céu. Mas para isso, primeiro, temos de tomar consciência de que temos um Pai no céu. Se não fazemos essa experiência de amor, não vivemos o senhorio de Cristo em nossa vida.

Se não nos sentirmos filhos amados, viveremos como filhos rebeldes. Muitas vezes, agimos assim, porque ainda não descobrimos o amor de Deus. É preciso tomar consciência de que, no dia do nosso batismo, tornamo-nos pertença de Deus para sempre. Se tivéssemos essa mentalidade, viveríamos de forma diferente, sabendo que temos um Pai que nos ama.

Muitas vezes, transferimos para Deus a imagem do nosso pai aqui da terra, até afirmamos que não sabemos dar carinho, porque não tivemos do nosso pai. Mas precisamos entender que o nosso pai nos amou, muitas vezes, colocando comida em casa, sem deixar que nada nos faltasse.

Advento, tempo de retomar a caminhada de fé

Padre João Marcos presidi a missa na quinta de adoração. Foto: Daniel Mafra/cancaonova

O homem e a mulher de Deus caem de joelhos diante das dificuldades. E se estivermos vivendo uma dificuldade, temos de saber que nem tudo está perdido. Façamos a experiência da misericórdia do Deus que acredita em nós!

O Advento é um tempo em que o Espírito Santo quer “plasmar”, no nosso coração” o Cristo Jesus, mas para isso precisamos ouvir a Sua Palavra. Quem a ouve é como um homem prudente que construiu a casa sobre a rocha. Deus fala ao nosso coração para colocarmos a vontade d’Ele em prática e sermos testemunhas de Sua misericórdia.

Mesmo aquele que construiu sua casa sobre a rocha terá de lidar com os ventos contrários. Mas se nossa casa estiver bem firmada e não tiver sido construída de qualquer jeito, ela permanecerá de pé. Neste ano, quantos ventos, quantas enchentes, quantos problemas enfrentamos? Mas a fé manteve a casa de pé!

A Canção Nova, neste ano, passou por dificuldades. Vieram ventos, que tentaram derrubar a nossa casa, mas nós não desistimos. Como o padre Jonas nos diz: “Meu filho, minha filha, aguenta firme!”; estamos tentando e não podemos parar. Você também está tentando e não pode parar.

É o amor de Jesus quem nos dá esperança. Papa Francisco nos convida a não sermos cristãos de aparência, mas homens e mulheres que colocam em prática a vontade do Senhor, assim construiremos nossa casa sobre a rocha. Não podemos desistir, somos convidados a seguir em frente, olhando nos olhos de Jesus, pois Ele vai à frente da nossa fé, rumo à perfeição. Não podemos nos deixar abater pelo desânimo. É preciso manter os olhos fixos em Jesus.

Configurados à Palavra de Deus, não podemos desanimar. Mas se você não consegue se levantar sozinho, peça ao Senhor, deixe que Ele pegue em sua mão e o reerga.

É tempo de recomeçar com esperança, é tempo de o Menino Deus ser “plasmado” em nosso interior para nos trazer esperança.

Transcrição e adaptação: Rogéria Nair


Padre João Marcos Polak


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo