Exultem e se alegrem em vós todos os que vos procuram

Conheça o verdadeiro significado da alegria

Exultem e se alegrem em vós todos os que vos procuram

Padre Adriano Zandoná – Foto: arquivo cancaonova.com

Para você o que significa ser alegre? O que é alegria para você? Precisamos verbalizar o que acreditamos para compreendermos melhor o que está em nosso interior. Todos estamos buscando a verdadeira alegria.

Precisamos nos questionar: “O que é alegria para mim? O que eu pautei como valor e princípio para alegrar a minha vida?” Pode ser que a nossa noção de alegria seja tão superficial e rasa que a gente não conseguirá ser feliz.

A alegria é uma coisa que vem de dentro e só Deus pode dar. Você só recebe a alegria de verdade quando você descobre uma realidade e toma posse dela. “Eu sou amado por Deus e ninguém vai roubar esse amor de mim!” O contentamento, às vezes, você perde mas a alegria não.

“Se Deus é por nós quem será contra nós?” Para nos ajudar a refletir sobre a alegria cristã vou usar a reflexão que o papa Francisco fez sobre a alegria. “O coração do homem deseja alegria, todos nós aspiramos a alegria, cada família, cada povo aspira à felicidade. Mas, qual é a alegria que o cristão está chamado a viver e testemunhar? É aquela que vem da proximidade com Deus, da Sua presença na nossa vida. Uma vez que Jesus entrou na história com seu nascimento em Belém, a humanidade recebeu a semente do Reino de Deus como uma terra que recebe a semente, promessa de colheita futura. Não há necessidade de procurar em outro lugar! Jesus veio para trazer alegria para todos e para sempre. Não é só uma alegria esperada ou deslocada para o paraíso, ‘aqui na terra estamos tristes, mas no paraíso estaremos alegres’, não, não é isso. Mas, de uma alegria já real e que já é possível sentir agora, porque o mesmo Jesus é nossa alegria, é nossa casa.”

Leia também:

:: Manifestemos nossa alegria diante do Senhor
:: Felizes aqueles cuja a vida é pura e seguem a Deus

:: Que nossa alegria seja constante mesmo na tribulação 

:: Nossa alegria tem nome

Cinco pontos para refletir sobre a alegria cristã

Primeiro ponto: “O coração humano deseja alegria”. Todo mundo tem o desejo nato de felicidade. Até os grandes pecadores da história estão procurando a alegria.

Segundo ponto: “Mas qual é a alegria que o cristão é chamado a viver”? Se o papa está perguntando qual, é porque existem outras alegrias. Qual é a alegria que você está procurando? Uma pedra de crack ou uma verdadeira alegria que brota do coração? Pode ser que você esteja pouco contente com as circunstâncias da sua vida, mas a alegria brota do coração. Percebo que, infelizmente, muitas pessoas tropeçam nessa pergunta do papa Francisco porque confundem alegria com prazer.

Terceiro ponto: “É aquela que vem da proximidade com Deus, da Sua presença na nossa vida”. A resposta da pergunta que o papa Francisco fez está nesse ponto, é a alegria que vem da proximidade de Deus. Se você quer ser alegre de verdade saiba que a fonte da alegria é a amizade com Deus. Amizade é, antes de mais nada, um relacionamento. Gastar tempo com Deus na adoração, sacramentos, oração e Missa. Jovem, essa carência que tem dentro de você só Deus pode preencher e você não tem que mendigar o amor das pessoas. Você tem tantos dons lindos dentro de você!

Quarto ponto: “Não há necessidade de procurar em outro lugar.” Não procure em cosméticos, festas, baladas aquilo que só Deus pode preencher e lhe dar.

Quinto ponto: “Não é só uma alegria esperada ou deslocada para o paraíso, ‘aqui na terra estamos tristes, mas no paraíso estaremos alegres’, não, não é isso. Mas, de uma alegria já real e que já é possível sentir agora.” Deus te criou para viver a alegria já aqui nesta terra. A alegria não é a ausência de problemas e sofrimentos. Você precisa aprender de Deus uma sabedoria prática para saber ser alegre mesmo em meio aos desafios do dia.

Saiba como desenvolver a alegria

Primeiro: É preciso reconhecer o que há de bom em nossa vida. Cuidado com a tristeza, porque ela pode se tornar um vício! Você aponta a lua no alto do céu, alta e brilhante, e a pessoa triste fica olhando a ponta do seu dedo mas não olha para a lua.

Segundo: Ajudar a quem precisa é fonte de alegria. É provado cientificamente que quando você ajuda uma outra pessoa, você sente uma alegria.

Terceiro: Compartilhar é fonte de alegria. Quando você compartilha algo ou você mesmo, aquilo que você é, é fonte de alegria. Quando você para e escuta alguém. Quando você não tem condições de ajudar, Deus manda pessoas. “Quando há menos de nós há mais de Deus (Santa Teresa D’Avila).

Quarto: Cultivar o bom humor e ser otimista. A pessoa que é otimista não para no negativo, mas ela sabe conversar. É tão bom conviver com pessoas bem humoradas. Papa Francisco exortou os cristão dizendo: “o cristão não pode ser pessimista e ter cara de velório.”

Quinto: Desenvolver a capacidade de conquistar, ter metas na vida. Quando você se propõe a uma meta e trabalha com afinco para conquistá-la isso é fonte de alegria profunda para o seu coração.

Sexto: Cultivar a amizade com Deus por meio da oração. “Que alegria quando ouvi que me disseram vamos à casa do Senhor” (Salmo 122). Quanto tempo você separa para rezar? Ninguém pode ter a verdadeira alegria se não cultiva uma vida de oração.

Encerro com o evangelho de São João: “Até agora nada pedistes em meu nome; pedi, e recebereis, para que o vosso gozo se cumpra” (Jo 16, 24).

Adquira esta pregação pelo telefone (12) 3186 – 2600

kit_dvd_pal_carnaval

Adquira o Kit de Palestras

Transcrição e adaptação: Fernanda Soares


Padre Adriano Zandoná


Sacerdote da Comunidade Canção Nova

Facebook
Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo