Fomos feitos para ser filhos de Deus

Não se compreende um católico que não tem intimidade com a Palavra de Deus

Marelena Cardoso

Marelena Cardoso – Foto: Wesley Almeida/cancaonova

Para mim, sempre é uma alegria enorme poder partilhar com quem vem para a Canção Nova, com meus irmãos e minha família sobre a minha experiência com Deus.

Quando recebi os temas para as pregações, eu me senti muito responsabilizada; e ao acompanhar as pregações anteriores, percebi que Deus está nos conduzido por um caminho.

Quero começar esta pregação com a reflexão sobre a Exortação Apostólica Pós-Sinodal do Papa Emérito Bento XVI, a Verbum Domini, que fala sobre a realidade da Palavra de Deus. É muito importante que estudemos o que nos ensina a Igreja, o que ela nos dá como direção.

Assim diz o documento: “O homem é criado na Palavra e vive nela; e não se pode compreender a si mesmo, se não se abre a este diálogo. A Palavra de Deus revela a natureza filial e relacional da nossa vida. Por graça, somos verdadeiramente chamados a configurar-nos com Cristo, o Filho do Pai, e a sermos transformados n’Ele” (§ 22)

No número 23 do mesmo documento diz assim: “Neste diálogo com Deus, compreendemo-nos a nós mesmos e encontramos resposta para as perguntas mais profundas que habitam o nosso coração. De fato, a Palavra de Deus não se contrapõe ao homem nem mortifica seus anseios verdadeiros; pelo contrário, ilumina-os, purifica-os e realiza-os.”

A Palavra de Deus é guia para o cristão

Como devemos nos colocar diante do Deus que nos fala a Palavra? Como devemos ouvir essa Palavra? Meus irmãos, quando fazemos uma viagem, seguimos um itinerário. Às vezes, não sabemos o caminho, então, pegamos um mapa, usamos os aplicativos, o GPS.

A Palavra de Deus precisa ser para nós também um guia, pois ela nos dá uma direção. Não se compreende um católico que não tem intimidade com a Palavra de Deus. Hoje, corremos um grande risco, pois há um modismo enorme, a cada hora tem uma tendência sendo lançada sobre nós, sobre a sociedade.

A Palavra de Deus, no entanto, como diz a exortação, é o único lugar em que o homem pode compreender a si mesmo, porque nela compreendemos que somos filhos de Deus.

Assista a um trecho da pregação e compartilhe:

Leia mais:

:: Deus me criou à sua imagem e semelhança
:: Transformai a vossa mente

imgpsh_fullsize (3)

Transcrito e adaptado por Adailton Batista


Marelena Cardoso


Missionária da Comunidade Canção Nova

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo