Em Ti encontra-se o perdão

Estamos no grande combate espiritual, onde o príncipe do mal quer nos dominar e o Senhor nos libertar

Irmã Maria Eunice. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Irmã Maria Eunice. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

A Palavra está em Salmo 130: “Do fundo do abismo, clamo a vós, Senhor; Senhor, ouvi minha oração. Que vossos ouvidos estejam atentos à voz de minha súplica. Se tiverdes em conta nossos pecados, Senhor, Senhor, quem poderá subsistir diante de vós? Mas em vós se encontra o perdão dos pecados, para que, reverentes, vos sirvamos. Ponho a minha esperança no Senhor. Minha alma tem confiança em sua palavra. Minha alma espera pelo Senhor, mais ansiosa do que os vigias pela manhã. Mais do que os vigias que aguardam a manhã, espere Israel pelo Senhor, porque junto ao Senhor se acha a misericórdia; encontra-se nele copiosa redenção.E ele mesmo há de remir Israel de todas as suas iniquidades”.

Esse Salmo nos fala da confiança no Deus redentor, Aquele que nos salva. Não precisamos temer, porque o Senhor pode nos remir de nossos pecados e iniquidades.

Todos somos pecadores, precisamos da salvação que vem do Senhor, que ouve atento a todas as nossas orações.

Muitas vezes, somos pobres de espírito até mesmo para agradecer as graças que recebemos de Deus. Ele nos acompanha e não nos abandona em hora alguma. Se chegarmos humilhados, arrependidos, Ele é fiel e justo para nos salvar, não importa a situação. O Senhor quer entrar em nossa história para retirar aquilo que traz cegueira e surdez espiritual em nós.

Reze com Irmã Maria Eunice:

Para adquirir esta pregação completa ligue para: (12) 3186-2600

O mundo está nos secando, deixando-nos como um deserto. O Senhor quer derramar uma água viva em nós!

Não podemos desanimar com as situações que enfrentamos; estamos ainda vivenciando tempos messiânicos entre nós, o Natal do Senhor ainda é recente.

Imagine quando você fica vigiando alguém que está doente. É uma noite longa, demora a passar! Assim é para o Senhor, que está sempre com Seus ouvidos atentos, abertos à nossa oração. O inimigo tem nos assaltado, roubado nossa confiança do Senhor.

Reze: “Eu espero em Ti Senhor, não há mais nada para esperar! Aumenta minha esperança e minha confiança em Ti!”.

Peregrinos participam da Quinta-feira de Adoração na Canção Nova. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Peregrinos participam da Quinta-feira de Adoração na Canção Nova. Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Precisamos pensar na nossa salvação, temos essa missão. Estamos no grande combate espiritual, pois o príncipe do mal quer nos dominar e o Senhor nos libertar.

“Finalmente, irmãos, fortalecei-vos no Senhor, pelo seu soberano poder. Revesti-vos da armadura de Deus, para que possais resistir às ciladas do demônio. Pois não é contra homens de carne e sangue que temos de lutar, mas contra os principados e potestades, contra os príncipes deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal (espalhadas) nos ares. Tomai, por tanto, a armadura de Deus, para que possais resistir nos dias maus e manter-vos inabaláveis no cumprimento do vosso dever. Ficai alerta, à cintura cingidos com a verdade, o corpo vestido com a couraça da justiça, e os pés calçados de prontidão para anunciar o Evangelho da paz. Sobretudo, embraçai o escudo da fé, com que possais apagar todos os dardos inflamados do Maligno. Tomai, enfim, o capacete da salvação e a espada do Espírito, isto é, a palavra de Deus. Intensificai as vossas invocações e súplicas. Orai em toda circunstância, pelo Espírito, no qual perseverai em intensa vigília de súplica por todos os cristãos. E orai também por mim, para que me seja dado anunciar corajosamente o mistério do Evangelho, do qual eu sou embaixador, prisioneiro. E que eu saiba apregoá-lo publicamente, e com desassombro, como é meu dever!” (Efésios 6, 10-20).

Que armadura podemos usar?

A armadura de Deus é o cinturão da verdade; a couraça da justiça protege o nosso coração dos dardos inflamados do maligno. É preciso colocar o capacete da salvação, buscar as virtudes, olhar para Jesus que passou por este mundo fazendo somente o bem.

Quem morreu na cruz por nós?

Estamos num tempo da confusão religiosa, onde cada um fala o que quer, tem a religião que quer. Entretanto, só Jesus não nos abandona nesta viagem. Foi Ele quem disse: “Eu sou o pão da vida. Quem vem a mim não terá mais fome, e quem crê em mim nunca mais terá sede” (João 6, 35).

Você precisa perdoar?

O perdão é uma decisão, uma necessidade, a porta aberta para a bênção! A falta de perdão deixa-nos doentes, causa-nos doenças feias.

Transcrição e adaptação: Karina Aparecida

contribuicaocn1


Irmã Maria Eunice


Missionária da Comunidade Canção Nova

Twitter

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo