Vencendo o medo com Maria e o Espírito Santo

Maria e o Espírito Santo socorrem nossa fraqueza, por isso não devemos carregá-la sozinho

Pe. Dudu Braga. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Pe. Dudu Braga. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Não podemos pensar em Jesus sem pensar em Sua Mãe. Nossa Senhora é a Virgem que soube e sabe ouvir o Senhor, por isso quer nos ensinar a também ouvir o que Ele tem a nos dizer.

O Senhor nos chama a mergulhar em um dos Salmos mais poderosos das Sagradas Escrituras. Os Salmos foram a maneira que o Espírito Santo inspirou a oração do povo de Deus, são como que o coração da Bíblia.

Tantas vezes, ao lermos alguns Salmos, identificamo-nos com o que nos dizem. Vivo entre nós, Jesus vem comunicar a Palavra de Salvação.

Meditemos o Salmo 26: “O Senhor é minha luz e minha salvação, a quem temerei? O Senhor é o protetor de minha vida, de quem terei medo?”.

Precisamos viver essa Palavra nos dias de hoje, porque a vida e o mundo não estão fáceis para ninguém! Deus precisa de uma geração forte, que se levante e, sustentada pela fé,  ajude a Igreja a sustentar o mundo.

Não se pode ser “fracote” neste tempo! Não é o momento para viver com medo. O cristão está no mundo, mas não pertence a ele, e pode ser que este medo esteja lhe trazendo aridez e tirando sua humanidade.

O Senhor nos dá uma palavra de ânimo, traz-nos cura e avivamento!

“Se todo um exército se acampar contra mim, não temerá meu coração. Se se travar contra mim uma batalha, mesmo assim terei confiança” (Salmo 26).

Estamos num tempo de combate, e a Quaresma é, por excelência, o tempo em que a Igreja e Deus vêm nos mostrar que a vida é uma luta e somos guerreiros.

Se, neste momento, a sua história está cercada de inimigos, aguente firme, não desista do combate! Não há bons cristãos sem combate.

Nosso sobrenome é “filho de Deus”. Você acha que o Pai vai deixar o filho na hora da guerra? Você acha que a Mãe deixará seu filho na hora da dor? “Não dorme, nem cochila o vigia de Israel” (Salmo 121,4).

Não reclame se a sua vida está sendo uma batalha, porque é assim que Deus faz com Seus amigos. Assuma sua condição, pois todos nós nascemos para passar por este mundo. Foi para nós que o Senhor preparou esse lugar.

Peregrinos participam da Quinta-feira de Adoração na Canção Nova. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Peregrinos participam da Quinta-feira de Adoração na Canção Nova. Foto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Santo Agostinho, ao meditar este Salmo disse: “Esse Salmo, essas palavras não são nossas, são mais do Espírito Santo”.

Maria e o Espírito Santo socorrem a nossa fraqueza, por isso não devemos carregá-la sozinho.

Existe alguém mais forte do que Deus?

Nós fomos ungidos como guerreiros, não é possível encontrar alguém mais forte do que Deus! “Quem como Deus? Ninguém como Ele!”, diz a oração de São Miguel. Com Cristo, somos mais que vencedores!

Em uma de suas homilias, Papa Francisco disse: “Eu não escolhi você, porque é o mais forte, grande e poderoso. Eu o escolhi, porque você é o menor de todos. Pode-se dizer o mais miserável de todos, mas eu o escolhi”.

O mundo está nos treinando para a batalha?

Pelo contrário, está fazendo de nós uma geração fraca. Filhos de cristãos tem de ser forte, corajosos, pessoas que não se rendem. Precisamos vencer este mundo, porque Deus nos ama e não nos abandona. É questão de tempo. Um dia, a batalha da vida terá fim. Ainda que andemos pelo vale da sombra da morte, não temeremos, porque Deus está conosco!

Acredite na conversão das pessoas, mesmo que elas estejam nas piores situações, ainda que pareçam estar fracassadas na batalha.

A arma do diabo é o medo

O cristão medroso não entendeu ainda o que o Evangelho está dizendo: “Não tenhais medo!”. A primeira coisa que o Anjo Gabriel disse a Maria foi: “Alegra-te, cheia de graça! Não tenhas medo!”.

Cinco segredos para não ficar com medo e perder a fé:

Use e abuse da sua fé.
Apoie a sua fé na fé da Igreja.
Olhe para o exemplo de Jesus.
Viva sobre o manto e ventre de Maria.
Tenha uma fé operosa.

Transcrição e adaptação: Karina Aparecida

Adquira essa palestra pelo (12) 3186-2600

contribuicaocn1


Padre Eduardo Braga


Vigário Episcopal do Vicariato rural da Arquidiocese de Niterói – RJ

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo