Quando somos fiéis realizamos obras maiores

Quandosomosfieisrealizamosobrasmaiores

Padre Severino Manuel. Foto: Deividson Francisco/cancaonova.com

Quando um carisma se entrega ao Senhor e é fiel, Deus confirma o que diz na Escritura: “Vão realizar obras maiores que as minhas”

Para nós, é com muita alegria que celebramos estes dias. Já estamos comemorando, desde janeiro, os 25 anos de fundação da Comunidade Obra de Maria. Comunidade que foi e é chamada por Deus a evangelizar de todas as formas com alegria e dar continuidade à obra que Nosso Senhor veio inaugurar na humanidade: a salvação.

Eu fui, um dia, alcançado por este carisma e quis também evangelizar de todas as formas com alegria. Eu via a alegria com que aqueles jovens trabalhavam, serviam, como falavam de Jesus e, sobretudo, o sorriso que estava estampado no rosto deles constantemente.

A liturgia de hoje é linda, começa falando de Paulo e das dificuldades que ele encontrou na evangelização. Ele foi ao encontro daqueles que ninguém queria ir. Nós, da Obra de Maria, queremos ficar na simplicidade. Enquanto nos colocamos a serviço do Senhor a obra cresce. Aquele que permanece unido ao Senhor jamais fracassa e, nossa luta, como Obra de Maria, é permanecermos unidos ao Senhor.

Filipe fez um pedido a Jesus: “Jesus, mostra-nos o Pai!”. Nós também desejamos ver o Pai. A certeza que existe em mim e que invade o meu coração é que um dia verei a Deus. O que me faz continuar é que eu quero ver a Deus.

Aqui eu já posso contemplar a Deus, Ele não está distante de nós. Jesus veio para nos mostrar que, esse Deus a quem nós queremos perto de nós, já podemos encontrá-Lo aqui entre nós por intermédio d’Ele. E somente pela fé podemos olhar para o Filho e ver o Pai. Jesus nos mostra que Ele é a imagem do Pai.

Se você voltar ao capítulo 14 do Evangelho de São João, vai encontrar a resposta para a pergunta que São Tomé fez a Jesus: “Senhor, não sabemos para onde vais. Como podemos conhecer o caminho? Jesus lhe respondeu: ‘Eu sou o caminho, a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim’” (João 14, 5-6).

Quandosomosfieis_realizamosobrasmaiores

“O que me faz continuar é que eu quero ver a Deus”, disse padre Severino. Foto: Deividson Francisco/cancaonova.com

É seguindo a Jesus que nós vamos chegar ao Pai, é Ele quem nos leva ao Pai. Cristo nos resgatou para o Pai. Ainda estamos vivendo o tempo pascal em que celebramos o triunfo do Senhor sobre a morte e pecado. Paulo teve uma experiência com Jesus que mudou a sua vida. A Obra de Maria leva Jesus para as pessoas, a finalidade do nosso carisma é fazer com que todos tenham um encontro profundo com Jesus.

Todos os dias, eu ouvia o padre Jonas rezando em línguas, lá em casa, na fita cassete. A Canção Nova alcançou a minha família e ela vai, pelos meios de comunicação, aonde ninguém foi ainda. Quando um carisma se entrega ao Senhor e é fiel, Deus confirma o que diz na Sagrada Escritura: “Vão realizar obras maiores que a minha”. Quando nos lançamos no Senhor, também realizamos as obras d’Ele, que continuam a ser realizadas por intermédio da Igreja e de cada um de nós. A obra de Deus continua com o trabalho realizado pela Canção Nova, pela Obra de Maria e por tantas outras obras d’Ele.

A obra de Deus ainda não está totalmente acabada, pois ela é muito grande. Ainda há muita terra, muitos lugares e pessoas para a Canção Nova, a Obra de Maria e outras obras da Igreja alcançarem. Não vamos desistir! Continuemos, na dificuldade e nas lágrimas, mas continuemos com Jesus, porque, no final, Ele vai nos levar para o Pai. A certeza é de que vamos contemplá-Lo com os nossos olhos.

Que o Senhor, que continua a realizar Sua obra por meio do Espírito Santo, derrame sobre nós, de maneira profunda, este mesmo Espírito para que Ele nos confirme na missão e na evangelização!

Peça que o Senhor derrame sobre você o Seu Espírito Santo! Peça que Ele renove a sua fé e a sua entrega a Ele. Assim como Paulo, que mesmo sendo perseguido, continuou, peça ao Senhor que você possa ir bem mais além, além do conhecimento e além até mesmo da sua vontade.

Transcrição e adaptação: Míriam Santos Bernardes

contribuicaocn


Comunidade Obra de Maria


Comunidade Católica

Evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo